Como provavelmente reparaste, há uns dias publicámos por aqui no GoRide.pt o teste à CamelBak Podium Flow 4, uma bolsa de cintura para BTT bastante “competente”. Por outro lado, a mochila de hidratação M.U.L.E. EVO 12 da mesma marca é outra review que publicaremos muito em breve, pois estamos a terminar as nossas experiências com elas.

PUB
Lazer

Mas, graças talvez às boas sensações registadas com ambos os acessórios, começámos a sentir dúvidas sobre qual desde será o melhor para usar em cada volta ou treino de BTT, seja num estilo mais XC, voltas mais extensas, seja em ambientes trail e outras voltas mais radicais…

A comparação direta é impossível, sublinhe-se. A M.U.L.E EVO 12 é uma mochila de hidratação de grande capacidade, impermeável, e a sua abordagem ao transporte de líquidos e objetos nada tem a ver com o modo como a bolsa de cintura Podium Flow 4 o faz.

Mas, na verdade, nas lojas estão disponíveis modelos destes dois tipos de acessório que até permitem uma avaiação mais direta e equiparada. Seja como for, o propósito deste artigo é mais simples que isso: é um resumo das vantagens tanto do uso de uma mochila de hidratação como de uma bolsa de cintura. Já a seguir!

Vantagens da mochila de hidratação

1. Capacidade de carga

Em geral, uma mochila pode levar mais coisas… E dizemos “pode” porque existem mochilas maioeres e outras mais pequenas, algumas delas até com a mesma capacidade de uma bolsa de cintura. Mas é certo que uma mochila dá sempre para transportar mais material, tem mais espaço disponível, à partida.

PUB
Expander Cross

2. Facilidade na hora de beber

Sempre que quiseres beber, poderás fazê-lo sem parar e com grande facilidade. Com uma bolsa de cintura terás de encostar e tirar o bidon que lá vai dentro. A não ser que a bolsa também tenha um sistema de hidratação como o das mochilas. Não são muitas com esse sistema, mas existem.

3. Distribuição de peso

Ainda que possa levar mais peso, uma mochila permite organizar melhor as coisas no interior e, consequentemente, distribuir melhor o peso. Podemos distribui-lo pelas costas, diga-se assim, o que faz com que a utilização não incomode especialmente em algum ponto. Uma bolsa, em certas situações, ao levar o peso concentrado na cinta que rodeia a cintura, pode incomodar e/ou magoar mais.

Vantagens da bolsa de cintura

1. Apenas o indispensável

Como uma mochila tem uma maior capacidade, corres o risco de andar a carregar coisas que às vezes nem são precisas. Com uma bolsa, pelo contrário, levarás apenas o essencial (que não é pouco!), e assim um mínimo de peso. Ter as costas “livres” também nos permite ter maior liberdade de movimentos, como sabemos.

2. Mais e melhor ventilação

Aqui não há discussão, visto que, à partida, uma bolsa será sempre mais ventilada que uma mochila, causando menos calor extra junto do corpo.

3. Preço mais acessível

Sabemos que os preços diferem em função das marcas, dos modelos, da qualidade do material, do volume, etc. Mas, por norma, uma bolsa de cintura será mais barata que uma mochila. Em ambos os casos, contudo, recomendamos que não optes pelas opções mais baratas: os euros que damos a mais por um modelo bom compensa em conforto, ventilação, durabilidade e arrumação.

Também vais querer ler…

Em discussão: usar espigão telescópico, vantagens e desvantagens?


Artigo redigido por José Escotto e editado por Jorge Lopes. Caso detetes algum erro ou tenhas informação adicional que enriqueça este conteúdo, por favor entra em contacto connosco através deste formulário.


Fotos: Arquivo GoRide // CamelBak // Bontrager

PUB
Lapierre XR

Estás a gostar do GoRide.pt?

Então subscreve a Newsletter GoRide.pt clicando/tocando na imagem abaixo!

NEWSLETTER GORIDE.PT Newsletter GoRide.pt

José Escotto
O nosso responsável pelo GoRide Espanha! Experiência na área do ciclismo (e do desporto em geral) não lhe falta e muito menos entusiasmo quando se trata de divulgar as mais recentes novidades de bicicletas e BTT.

    Também vais gostar destes!

    Mais em Acessórios