Um convite irrecusável! O Giant Road Camp 2024 consistiu em dois dias intensos de aprendizagem e muitas horas em cima da bicicleta, um evento em que estivemos presentes em exclusivo e no qual tivemos oportunidades de experimentar a novíssima Giant TCR Gen 10.

PUB
Nova Trek Supercaliber

A ilha de Maiorca foi o palco ideal para esta “pequena grande aventura”, mas, como há coisas impossíveis de prever, houve um contratempo: todos apanhámos um dia “especial”, recheado de vento… Muito vento! Mas já lá vamos.

E importa antes referir que fomos muito bem recebidos pela Giant Iberia naquela que viria a ser uma apresentação técnica sobre o novo modelo Giant TCR, sem esquecer ainda outras novidades… Nota: a TCR nova já antes tinha sido oficialmente lançada e apresentada aqui no GoRide.

Giant Road Camp 2024 🔥 Novidades em breve 🤝 #ciclismodeestrada #cyclinglife

As novidades extra de que falamos são as novas rodas Cadex (as Max 40) e ainda dois modelos de rodas em carbono Giant (as SLR 1 e SLR 0). Também ficámso a conhecer de perto novos pneus Giant.

A mais leve de sempre

Já não era novidade, mas agora confirmámos isso em conversa com quem desenvolveu efetivamente a bicicleta: a mais leve TCR de sempre marca apenas 6,4 kg na balança!

PUB
Specialized Levo

É a bicicleta mais leve de sempre alguma vez produzida pela marca (com o quadro a pesar apenas 690 gramas e 1.020 gramas no tamanho M com forqueta incluída). Tem a melhor relação entre peso, rígidez e aerodinâmica na gama de estrada da marca, garantem.

A nova TCR é 24 segundos mais rápida a 40 km/horas durante uma hora (face à geração anterior), diz a Giant.

Para que se entenda melhor, isto representa uma melhoria de 10% face à geração anterior, a Gen 9. Esta melhoria está intimamente relacionada com um novo processo de corte em carbono: o Blade Cutting Technology.

Este processo permite que o quadro seja “montado” com recurso a menos peças (270, neste caso) e com fibra de carbono o mais pura possível, explicam. E uma das características que sempre esteve presente em todos os modelos TCR é o design slopping, um “pormenor” que ajuda a firmar a identidade da marca e distingue a bicicleta.

O slopping está relacionado com a linha do tubo superior, que apresenta uma inclinação “para baixo” na parte traseira (com exceção de alguns quadros de tamanho mais reduzido).

PUB
Prototype

Por outro lado, a integração smart é um “must” para a marca. O cockpit sem cabos à vista permite fácil acesso pela parte inferior. E, para quem não gostar do look “antigo”, a Giant confidenciou-nos que este ano irá lançar em opção um cockpit totalmente integrado.

Sensações com a Giant TCR 2024

Gostámos muito da bicicleta! Mas, com apenas algumas horas de teste, sentimos que precisamos de a ter connosco mais tempo. Haverá oportunidade.

Pedalar nas estradas de Maiorca com a nova Giant TCR 2024🔥 Uma maravilha! 😎 #cycling #ciclismo

Ainda assim, a nova TCR surpreendeu-nos! A rigidez na “testa” da bicicleta foi reforçada e recebe tem mais peso, deixando a traseira leve quando saímos do selim. Uma alteração que melhora o comportamento em subida, principalmente a ritmos elevados.

Testámos o modelo TCR Advanced Pro Disc 1, que está equipado com transmissão Sram Rival eletrónica, rodas Giant SLR 1 e pneus Giant Courseo. Um modelo que ronda os 4.500 euros.

A nova TCR vem de origem com pneus de 28 mm (o standard do ciclismo atual, podemos mesmo afirmar), e as novas rodas Giant SLR 1 cumprem bem a função.

Esta é uma bicicleta para quem deseja passar muitas horas em cima do selim e procura alguma performance, talvez até uma aposta forte na versatilidade competitiva! Contamos ainda com um novo guiador que apresenta 11 graus de flare nos drops (o mercado pede, a Gaint entrega!). Posição muito natural.

Tivemos ainda a possibilidade de testar outros dois modelos da restante gama de estrada da marca: a Giant Propel e a Defy.

PUB
Orbea Genius Dealers

Giant Defy: endurance!

Esta não engana ninguém. Ou será que engana? A Giant Defy é uma escolha para o endurance puro e duro, mas, à primeira vista, pode confundir-se com a TCR…

Isto porque todos gostamos de ver uma bicicleta de linhas desportivas e agressivas embora isso nem sempre seja o melhor para as nossas capacidades e objetivos… Contudo, a nova Defy vai ao encontro disto mesmo: uma bicicleta de geometria endurance, mas com uma presença digna de qualquer desportiva.

O modelo que experimentámos equipa com Shimano Ultegra Di2 de 12 velocidades e pratos 50-34t. As rodas são as Giant SLR 1, envolvidas nos pneus de 32 mm Giant Fondo.

 

Giant Propel: ‘rainha’ da aerodinâmica?

De linhas mais rasgadas que as outras duas, mas mais contidas do que a sua antecessora. A recém atualizada (há cerca de 18 meses) Giant Propel continua a ser uma verdadeira “rainha” da velocidade.

A marca assume mesmo que este modelo ainda é mais aerodinâmico que a TCR. O que faz sentido! Andámos na versão com Sram Rival AXS, rodas Giant SLR 2 e pneus Giant Course 1.

Sempre que a estrada endireita, esta é uma bicicleta que só quer andar! Ao sprint a sensação é incrível… Mas, ao pesar cerca de 8 kg, não deixa de ser uma opção válida para subidas mais tranquilas…

Novas rodas Cadex MAX 40

Uma breve menção às novas rodas Cadex Max 40. Estamos a falar de um par de rodas com 1.245 gramas e em que o cubo e os raios são integrados numa única peça só. Muito rígidas e leves.

Mais info:

Também vais gostar destes!