Lachlan Morton já nos habituou às suas irreverentes aventuras em cima da bicicleta, mas ao completar o Tour Divide não ficámos menos impressionados com este feito do ciclista norte-americano da EF Education Easy-Post. E é ele próprio que nos leva a conhecer a sua Cannondale Scalpel, o setup de malas que levou e alguns pequenos “truques”…

PUB
Specialized Levo

Foram 4.296 kms, 58.521 metros de desnível positivo e dois países atravessados. Se por si só esta informação já fala por si, tudo ganha ainda mais relevância quando sabemos que Lachlan completou o percurso em 12 dias, 12 horas e 21 minutos… Dureza? Muita!

A juntar-se às dificuldades do percurso, os ambientes inóspitos, desertos e os animais selvagens eram também preocupações que tinham de ser levadas a sério. E, claro, era preciso planear tudo antes da partida.

Além da belíssima Cannondale Scalpel, obviamente adaptada para o desafio, Morton tinha de se preocupar com o transporte de bens essenciais em termos de nutrição, higiene e tudo o que fosse necessário para resolver qualquer “azar”.

Para que tudo isto fosse possível de ser transportado, Lachlan optou por um conjunto de malas da Tailfin, que “encheram” por completo a Cannondale Scalpel, transformando-a, literalmente, numa “mula” de carga…

Setup Tailfin:

  • Mala inferior: 1.7L Cage Pack + Cargo Straps
  • Mala top tube: 1.1L zipped Top Tube Pack (Prototipo)
  • Mala de quadro: full frame (prototipo)
  • Mala down tube: 1.7L Downtube pack
  • Rack Traseira: Prototype Carbon AeroPack com dois Mini Panniers de 10L cada.

No vídeos podemos ficar a conhecer também algumas curiosidades, como por exemplo o facto de Morton, em alguns pontos do percurso, garantir subsistência para 30 horas isolado. Além disto, as baterias do desviador também se acabam: “Normamente usava duas baterias por dia, tinha sempre uma terceira a carregar através do powerbank”, diz o ciclista no vídeo.

PUB
Selle SMP

A Cannondale Scalpel de Lachlan Morton para o Tour Divide:

  • Quadro: Cannondale Scalpel Hi-Mod Ultimate hardtail
  • Suspensão: Cannondale Lefty Ocho com 100mm de curso
  • Transmissão: SRAM XX1 AXS, 38d e cassete de 10-52t
  • Travões: SRAM Level Ultimate
  • Rodas: FSA Gradient Off-road i29
  • Pneus: Vittoria Mezcal Graphene 2.0 29×2.35” com inserções Airliner Light XC
  • Guiador: FSA KFX Carbon flat com extensores FSA TT
  • Avanço: FSA ajustável
  • Espigão: FSA Flowtron XC telescópico
  • Selim: Prologo Scratch M5 Space GPS
  • Gps: Wahoo Elemnt Bolt

Mais info:


Imagens: Cannondale

Também vais gostar destes!