Johannes Staune-Mittet, norueguês de apenas 21 anos, não deu hipóteses na 47ª edição do Giro Next Gen, a Volta a Itália sub-23, prova em que o português António Morgado também esteve presente.

PUB
Orbea Genius Dealers

No sábado, dia da 7ª e penúltima etapa da competição, o nórdico da Jumbo-Visma Development Team foi o segundo classificado na chegada ao Pian del Cansiglio e aumentou a distância para o irlandês Darren Rafferty (Hagens Berman Axeon) para 47 segundos, que viria a revelar-se determinante para o desfecho da prova.

No domingo, na oitava e última etapa da prova, acabou mesmo por não haver quaisquer alterações na classificação geral. O dinamarquês Anders Foldager foi o primeiro a cortar a meta em Trieste, ao fim de 131 kms que começaram em Tavagnacco. O homem da Biesse-Carrera bateu ao sprint o italiano Luca Cretti. O norueguês chegou com o pelotão e assegurou a camisola ‘rosa’.

Quanto às contas finais da geral classificativa, Staune-Mittet (Jumbo-Visma Development Team) venceu o Giro Next Gen com 47 segundos de vantagem sobre Darren Rafferty (Hagens Berman Axeon) e com 2 minutos e 2 segundos sobre Hannes Wilksch (Tudor Pro Cycling Team U23). O jovem português António Morgado terminou no 67º posto a 58 minutos e 51 segundos do vencedor.

Nas várias categorias, Davide de Prietto conquistou a ‘verde’ dos pontos, Staune-Mittet também levou para casa a ‘vermelha’ da montanha e o francês Alexy Faure Prost (Circus-ReUz-Technord) foi o vencedor da juventude.

PUB
Novidades Trek 2024

Quanto à classificação por equipas, a Hagens Berman Axeon de António Morgado terminou na 6ª posição, a 25 minutos e 18 segundos dos vencedores, a Jumbo-Visma Development Team.

Staune-Mittet sucede a Leo Hayter na conquista da prova, sendo este o melhor resultado de sempre de um norueguês na prova, superando o segundo lugar de Tobias Haaland Johannessen em 2021.

Mais info:

Lê também:

Giro Next Gen: Alessandro Romele vence 6ª etapa

PUB
Specialized Levo

Imagens: Instagram @giroditalia

Também vais gostar destes!