Artem Nych (Sabgal-Anicolor) assume a liderança do Grande Prémio Internacional Beiras e Serra da Estrela ao vencer a primeira etapa com 10 segundos para os rivais diretos.

PUB
Schwalbe Pro One Tubeless

A primeira etapa do GP Internacional Beiras e Serra da Estrela apresentava ao pelotão quase 200 kms de percurso, com inicio em Trancoso e fim em Mêda. A prova desde cedo foi atacada, com destaque para Francisco Pereira (ABTF Betão-Feirense) e Jozsef-Attila Malnasi (MENtoRISE MLMsuperstars) que fizeram parte da fuga do dia.

A quarenta kms do fim a fuga é eliminada por um ritmo forte introduzido pela Kern Pharma e a Caja Rural-Seguros RGA, figa essa que chegou a atingir os 8 minutos de vantagem.

Mathias Bregnhøj (Sabgal-Anicolor) ainda tentou a sua sorte a solo, contudo, foi apanhado por um grupo reduzido de elementos à entrada do último km. Ainda assim, a equipa da Sabgal-Anicolor perde Mathias da frente, mas lança Artem Nych para a vitória em Mêda!

O ciclista russo e que representa a equipa portuguesa completou o traçado em 5h07m17s, e foi seguido por Alex Molenaar (Illes Baleares/Arabay Cycling) e Jordi López (Equipo Kern Pharma).

Feitas as contas e Artem Nych segue líder para a segunda etapa do Grande Prémio Internacional Beiras e Serra da Estrela com 14 segundos de vantagem sobre Molenaar e 15 segundos para López.

PUB
Beeq

Restantes classificações:

  • Pontos: Artem Nych
  • Montanha: Luís Fernandes (Credibom/LA Alumínios/ Marcos Car)
  • Juventude: Jorge Guiterrez Gonzalez (Kern Pharma)
  • Equipas: Sabgal-Anicolor

Mais info:


Créditos imagens: Federação Portuguesa de Ciclismo

Também vais gostar destes!