A época de ciclocrosse ainda arrancou no início de novembro, mas só vai retomar em 2021. A situação epidemiológica em Portugal e as restrições que estão a ser impostas levaram, sem surpresa, ao adiamento das corridas que estavam agendadas para este ano. É assim um final de uma temporada muito complicada em todas as vertentes, com poucas corridas e com os atletas a viverem muito na esperança que pudesse haver provas, mas com a maioria a serem canceladas.

- - - Pub - - -

Shimano Deore 12v

Durante o verão e início de outono ainda foi possível ver ciclismo de estrada, XCO, XCM, BMX, Downhill (incluindo o final da Taça do Mundo) e até uma novidade, o XCE. Soube a pouco e a esperança é mesmo o que resta, agora a pensar que em 2021 possam realizar-se mais corridas.

Quanto ao ciclocrosse, Vítor Santos e Ana Santos venceram a primeira etapa da Taça de Portugal, em Melgaço. Mais ação, só em janeiro, num calendário de uma vertente que irá até bem tarde: final de fevereiro. Poderá cruzar com o calendário do ciclismo de estrada. A Volta ao Algarve é, neste momento, a competição já com data conhecida: 17 a 21 de fevereiro. Alguns atletas gostam de fazer a temporada de ciclocrosse antes de “atacar” a temporada de estrada. Mas estamos em tempos diferentes!

Segundo a Federação Portuguesa de Ciclismo, o calendário de ciclocrosse só irá retomar quase no final de janeiro, estando sempre dependente da situação pandémica e eventuais restrições. As novas datas são as seguintes:

  • 24 de janeiro: 2.ª Prova da Taça de Portugal, Bragança
  • 7 de fevereiro: 3.ª Prova da Taça de Portugal, Sangalhos
  • 14 de fevereiro: Campeonato Nacional de Ciclocrosse, Santo Tirso
  • 21 de fevereiro: 4.ª Prova da Taça de Portugal, local a definir na área da AC Viseu
  • 28 de fevereiro: 5.ª Prova da Taça de Portugal, Matosinhos

GoRide

Subscreve a Newsletter GoRide!

Todos os artigos diretamente no teu email.