Se adicionarmos à muito popular categoria gravel a assistência elétrica, também muito requisitada atualmente, talvez encontremos o tipo de bicicleta mais desejado do momento: as bicicletas de gravel elétricas… Esta categoria está a começar a conquistar os corações dos ciclistas que preferem as elétricas e, como podes ver já a seguir, o que não falta são modelos nas lojas.

PUB
GIANT ANTHEM ADVANCED PRO 29

Falamos do e-gravel e de um grande número de bicicletas que integram motores elétricos bastante leves que nos dão aquela preciosa ajuda, neste caso tanto nos trilhos de gravel como na estrada. E várias delas permitem remover a bateria, para que possamos ter uma experiência semelhante ao que temos com uma gravel convencional.

Como referimos, são vários os modelos disponíveis hoje em dia, de várias marcas. E há muitas versões, também, como valores diferentes (mesmo sabendo que uma e-gravel deverá ser sempre cara, à partida…).

Esta nossa seleção, fantástica, está por ordem alfabética e lista as versões topo de gama de cada modelo, podendo elas terem quadro em alumínio ou em carbono. Dito isto, existem também versões mais acessíveis em termos de preço.

Top 11 melhores bicicletas de gravel elétricas

Modelos neste artigo:

BH Core GravelX Carbon Pro 2.7 (7.299 euros)

Este modelo incorpora o motor de marca própria BH 2EXMAG, 10% mais leve que o modelo anterior e com potência q.b., parece-nos (65 Nm de torque). Um detalhe que o diferencia da concorrência é a autonomia anunciada pela marca ao incorporar uma bateria com capacidade de 540 Wh. São anunciados 165 km.

BH Core GravelX Carbon Pro 2.7

PUB
Cube Stereo Hybrid HPC 160

Este patamar pode ser aumentado graças ao range extender XPro opcional que pode ser instalado no porta-bidões e que adiciona outros 180 Wh.

O quadro GravelX Carbon é feito de carbono (existem versões em alumínio) com uma estética a meio caminho entre o aero e o “trepador”, com tirantes finos e que podem proporcionar alguma “filtragem” das vibrações.

Destacam-se componentes como a transmissão eletrónica Shimano GRX Di2 ou as rodas Shimano RX570, ou os cranques FSA em fibra de carbono.

Ficha técnica:

  • Quadro: Carbon Monocoque
  • Motor: BH 2EXMAG 65 Nm
  • Bateria: BH 540 Wh (opção XPro de 180 Wh)
  • Transmissão: Shimano GRX Di2 11x (prato 46/36d – cassete: 11/42d)
  • Travões: Shimano GRX Hyd (160/160 mm)
  • Rodas: Shimano RX570
  • Pneu: Schwalbe G-One 700×35
  • Guiador: FSA K-Wing AGX Carbon
  • Selim: Prologo Dimension Agx
  • Peso: não indicado
  • Preço: 7.299 euros (gama GravelX Carbon desde 5.799 euros)

Mais informações: www.bhbikes.com


Bianchi e-Arcadex Ekar (6.249 euros)

Recém-chegada, a nova criação da Bianchi é uma gravel elétrica com quadro em fibra de carbono que visa explorar o lado mais “poderoso” do gravel: o motor Bosch Performance Line CX e a bateria Powertube de 500 Wh confirmam isso mesmo.

Bianchi e-Arcadex Ekar

Além disso, a e-Arcadex tem pneus com 40 mm de largura que permitirão que pratiques gravel em terrenos mais acidentados. Tudo isto é complementado com um espigão Alpha 3 que promete uma posição confortável nas descidas de certa complexidade técnica.

Destaque para a transmissão Campagnolo de 13 velocidades, o sistema Ekar, específica para gravel. De salientar também que a maioria dos componentes são assinados pela Velomann.

Ficha técnica:

  • Quadro: carbono
  • Motor: Bosch Performance Line CX Gen4 85 Nm
  • Bateria: Bosch Powertube 500 Wh
  • Transmissão: Campagnolo Ekar 13x (prato 44d – cassete: 9/42d)
  • Travões: Campagnolo Ekar Hyd (160/160 mm)
  • Rodas: Velomann Sport Disc
  • Pneus: Pirelli Cinturato Gravel Adventure M 700×40
  • Guiador: Velomann Aluminum 6061
  • Selim: Velomann Steel
  • Peso: não indicado
  • Preço: 6.249 euros (gama e-Arcadex desde 5.299 euros)

Mais informações: Bianchi e-Arcadex Ekar


Cannondale Topstone Neo Carbon 4 (4.799 euros)

A gama Tosptone Neo Carbon foi reduzida a apenas um modelo, a Carbon 4 (há dois modelos SL com quadro em alumínio). A Cannondale tem se caracterizado por ter soluções inovadoras e neste aspecto devemos mencionar o sistema de micro-suspensão traseira KingPin com curso de até 30 mm.

O quadro de fibra de carbono alberga uma unidade motriz da Bosch, a Performance Line CX com 75 Nm, e uma bateria da mesma marca com capacidade de 500 Wh.

Cannondale Topstone Neo Carbon 4

Noutros tempos houve a Tosptone Neo com a suspensão Lefty, mas neste caso a Carbon 4 “conforma-se” com uma forqueta rígida. Destacam-se componentes como a transmissão Shimano GRX, os travões da mesma série e as rodas em alumínio WTB ST TCS.

Ficha técnica:

  • Quadro: carbono Neo
  • Motor: Bosch Performance Line CX 75 Nm
  • Bateria: Bosch Powertube 500 Wh
  • Transmissão: Shimano GRX 11x (prato 48/32d – cassete: 11/34d)
  • Travões: Shimano GRX Hyd (160/160 mm)
  • Rodas: WTB ST TCS
  • Pneus: WTB Riddler Comp 700 x 37
  • Guiador: Cannondale 3 alumínio
  • Selim: Fizik Aliante Delta
  • Peso: não indicado
  • Preço: 4.799 euros (gama Cannondale Topstone Neo SL desde 3.599 euros)

Mais informações: Cannodale Topstone Neo Carbon 4


Canyon Grail:ON CF8 eTap (6.399 euros)

A Canyon‘s Grail:ON CF8 eTap explora o lado mais clássico das e-bikes, ou seja, opta por uma motorização que privilegia a potência sobre a leveza: o Bosch Performance Line CX, com 85 Nm de binário. A bateria interna de 500 Wh está lá para auxiliar, claro.

Canyon Grail:ON CF 8 eTap

A bicicleta vem com o peculiar guiador Canyon CP07 de altura dupla que promete conseguir absorver melhor as vibrações, reforçando o conforto, pelo que indica a marca, algo que o espigão Canyon VCLS 2.0 também ajuda.

O sistema de transmissão eletrónico Sram Force eTap AXS é uma mais-valia, tal como vários componentes de carbono. As rodas DT Swiss HGC1400 são um bom exemplo disso.

Ficha técnica:

  • Quadro: Carbono CF
  • Motor: Bosch Performance Line CX Gen4 85 Nm
  • Bateria: Bosch Powertube 500 Wh
  • Transmissão: Sram Force eTap AXS 12x (prato 44d – cassete: 10/36d)
  • Travões: Sram Force Hyd
  • Rodas: DT Swiss HGC1400 Spline Carbon
  • Pneus: Schwalbe G-One Bite TLE 700×50
  • Guiador: Canyon CP07 Gravel Cockpit CF
  • Selim: Fizik Tempo Argo R3
  • Peso: 15,9 kg
  • Preço: 6.399 euros (gama Grail:ON CF desde 4.499 euros)

Mais informações: Canyon Grail:ON CF8 Etap


Crow Gravital UL1 LTD (8.999 euros)

Esta bicicleta tem um foco e “alma” muito pessoal: a Gravital UL1 LTD da Crow explora o gravel “autêntico”, pois podes remover a bateria (e até o motor) e usá-la como se fosse uma gravel convencional, sem motor. Não acreditas?

Em breve vamos contar-te uma história muito especial de como esta bicicleta fez parte de uma grande “luta” na prova Badlans 2022 (780 km e 15 mil metros de acumulado). Fica atento!

Com motor Fazua Ride 50 Trail que, com 50 Nm de torque, mostra ser suficiente para a abordagem e para o peso apresentado (13 kg), pelo menos em teoria.

Crow Gravital UL1 LTD

Andamos a experimentar a versão Gravital UL2 e descobrimos que a bateria reduziu o peso total em 2,9 kg. Tem uma capacidade reduzida em comparação com a concorrência que usa motores mais poderosos (252 Wh), mas no modo mais “económico” não é difícil conseguirmos percorrer 80/90 kms.

Ficha técnica:

  • Quadro: UL Carbon
  • Motor: Fazua 50 Ride Trail 50 Nm
  • Bateria: Fazua 252 Wh
  • Transmissão: Campagnolo Ekar 13x (prato 38d – cassete: 9/42d)
  • Travões: Campagnolo Ekar Hyd
  • Rodas: Campagnolo Shamal Carbon
  • Pneus: Schwalbe G-One Bite o Allround TLR 700×40
  • Guiador: Ritchey WCS Bacon Blate
  • Selim: Essax Eón Ti
  • Peso: 13 kg
  • Preço: 8.999 euros (gama Gravital UL desde 4.999 euros)

Mais informações: Crow Gravital UL1 LTD


Giant Revolt E+ (5.399 euros)

A Giant Revolt E+ tem outro dos quadros que mostra uma abordagem um pouco diferente da norma: neste caso, e basicamente pelos factos de existir apenas com quadro de alumínio e de o conjunto motor/bateria procurar desempenho puro sobre outros aspectos.

É que o motor Shimano EP8, ajustado pela Giant e chamado SyncDrive Pro, oferece 85 Nm. Por sua vez, a bateria tem uma capacidade de 500 Wh que, com uso económico, proporcionará uma autonomia elevada, garante a Giant.

Giant Revolt E+

O referido quadro faz com que esta Revolt E+, mesmo sendo a topo de gama, mantenha um preço bastante baixo sem prejudicar o nível dos componentes presentes: tem uma transmissão Shimano GRX Di2 e vários componentes Giant, entre os quais se destaca o espigão em carbono D-Fuse SL.

Ficha técnica:

  • Quadro: Aluxx (forqueta em carbono Adv)
  • Motor: Giant SyncDrive Pro (powered by Shimano EP8) 85 Nm
  • Bateria: EnergyPak 500 Wh
  • Transmissão: Shimano GRX Di2 11x (prato 47d – cassete: 11/42d)
  • Travões: Shimano GRX Hyd
  • Rodas: Giant eX2 TL
  • Pneus: Maxxis Receptor 700×40
  • Guiador: Giant Contact XR D-Fuse
  • Selim: Giant Approach
  • Peso: Não indicado
  • Preço: 5.399 euros (gama Revolt desde 4.499 euros)

Mais informações: Giant Revolt E+


Look E-765 Gravel Force 1 (5.690 euros)

A exclusividade desta marca também é vista neste seu modelo de gravel elétrico, com um design refinado (o quadro tem cabos internos, por exemplo) e que lembra as bicicletas gravel convencionais.

A E-765 Gravel é assim outra representante do e-gravel “ligeiro”, incorporando um motor Fazua Ride 50 Evation de 50 Nm que deixa o peso total desta bicicleta nuns bons 13,9 kg. A bateria tem capacidade de 252 Wh.

LOOK E-765 Gravel Force

Como noutros modelos que equipam esta bateria, esta pode ser removida para vivermos uma experiência de gravel “pulmonar”. O equipamento é de gama média, com transmissão Sram Force 1, rodas Shimano RS370 e vários componentes assinados pela Look (alguns em carbono, outros em alumínio).

Ficha técnica:

  • Quadro: Look Carbon
  • Motor: Fazua 50 Ride Evation 50Nm
  • Bateria: Fazua 252Wh
  • Transmissão: Sram Force 1 11x (prato 42d – cassete: 11/36d)
  • Travões: Sram Force Hyd
  • Rodas: Shimano RS370
  • Pneus: WTB Riddler 700×37
  • Guiador: Look Alloy LS2 Gravel
  • Selim: Look by San Marco
  • Peso: 13,9 kg
  • Preço: 5.690 euros (gama E-765 desde 5.190 euros)

Mais informações: LOOK E-765 Gravel Force


Pinarello Nytro Gravel Force (Aprox. 5.500 euros)

A estrutura em fibra de carbono T700 Toray deste modelo é a que conhecemos da e-bike de estrada Nytro Road da marca italiana, naturalmente, que agora está ao serviço do gravel nesta Gravel Force com sistema motor/bateria Fazua Evation e mais clearance para pneus (700x42c or 650Bx2.1), entre muitos outros pontos de interesse.

Escoras assimétricas, a famosa forqueta Onda da Pinarello, muitos outros componentes de topo, e a dupla composta pelo motor Fazua Evation Ride 50 e pela bateria Fazua Evation 1.0 de 250Wh, como já referimos acima. Também esta em destaque nesta versão, como podes ver na lista abaixo, os travões Sram Force com discos de 160 mm e a transmissão Sram Force Etap AXS.

Ficha técnica:

  • Quadro: Carbon Torayca T700UD
  • Motor: Fazua Evation Ride 50
  • Bateria: Fazua Evation 1.0 de 250Wh
  • Transmissão: Sram Force Etap AXS 12x (cassete XG-1270)
  • Travões: Sram Force com discos de 160 mm
  • Rodas: Fulcrum Racing 500
  • Pneus: Maxxis rambler 700x40c
  • Guiador: Jaguar XA Aero Di2
  • Peso: não indicado
  • Preço: 5.500 euros (aprox.)

Mais informações: Pinarello Nytro Gravel Force


Specialized S-Works Turbo Creo SL EVO (13.000 euros)

A Specialized S-Works Turbo Creo SL EVO está no topo das bicicletas e-gravel deste nosso especial: o preço estratosférico é acompanhado por uma seleção glamorosa de componentes: ao quadro especial em fibra de carbono Fact 11r é acrescentada a micro-suspensão frontal Future Shock 2.0, que fornece 20 mm de curso. Soma-se a isso um espigão Easton EA70X, entre outros elementos.

O motor é o Specialized SL 1.1, que fornece uma contribuição subtil de potência nos momentos mais críticos, explica a marca, alimentado por uma bateria que, com 320 Wh de capacidade, oferece até 130 quilómetros de autonomia anunciada.

Isso pode ser aumentado graças ao Range Extender de 160 Wh vendido em separado. Destacam-se ainda componentes como as rodas Roval Terra CLX em carbono e outros assinados pela Easton e pela própria Specialized, também em carbono.

Ficha técnica:

  • Quadro: Carbono Fact 11r
  • Motor: Specialized 1.1 SL
  • Bateria: Specialized 320 Wh
  • Transmissão: Sram XX1-Red eTap AXS 12x (prato 44d – cassete: 10/50d)
  • Travões: Sram Red Hyd
  • Rodas: Roval Terra CLX 30 Carbon
  • Pneus: Pathfinder Pro 2Bliss Ready 700×38
  • Guiador: Easton EC70 AX Carbon
  • Selim: Body Geometry S-Works Power Carbon
  • Peso: não indicado
  • Preço: 13.000 euros (gama Turbo Creo SL EVO Carbon desde 5.800 euros)

Mais informações: Specialized S-Works Turbo Creo EVO SL


Stevens E-Getaway (5.289 euros)

A Stevens E-Getaway é já uma “veterana” no catálogo desta marca alemã (menos conhecida em Portugal…), embora ainda seja uma bicicleta válida. Na verdade, tem uma concepção muito moderna, com motor Fazua Ride 50 Trail (58 Nm) alimentado por uma bateria de 252 Wh.

Stevens E-Getaway

O quadro em fibra de carbono é complementado por componentes importantes, que, embora não sejam os mais acima nas gamas, prometem um desempenho impecável.

Destaca-se a transmissão Shimano GRX com prato duplo, as rodas Oxygen SLC-D R35 em fibra de carbono e os componentes também assinados pela Oxygen, que é uma marca pertencente à Stevens. Esta combinação de componentes deixa a bicicleta com um peso de 14,9 kg.

Ficha técnica:

  • Quadro: Carbono SL
  • Motor: Fazua Ride 50 Trail 58 Nm
  • Bateria: Fazua 252 Wh
  • Transmissão: Shimano GRX 11x (prato 50/34d – cassete: 11/34d)
  • Travões: Shimano GRX Hyd
  • Rodas: Oxygen SLC-D R35 Carbon
  • Pneus: Schwalbe G-One Allround 700×40
  • Guiador: Oxygen E-Scorpo Aero Gravel
  • Selim: Oxygen Triton
  • Peso: 14,9 kg
  • Preço: 5.289 euros

Mais informações: Stevens E-Getaway


Trek Domane+ ALR (4.199 euros)

Até ao ano passado, a Domane+ contava com um quadro de carbono, mas para esta temporada a Trek surge com esta versão ALR apenas com quadro de alumínio e um acabamento único, o que significa uma combinação de componentes que consegue manter o preço acessível, e isto sem comprometer a qualidade, à partida. Uma bela opção dentro das gravel elétricas, sem dúvida!

Trek Domane+ ALR

A Domane+ não é 100% gravel, embora a sua arquitetura e os pneus permitam que saias da estrada a qualquer momento! A motorização está a cargo do motor Fazua Evation de 50 Nm e de uma bateria de 250 Wh.

O resto do equipamento mantém o preço sob controlo, com uma transmissão Shimano 105 e vários componentes assinados pela Bontrager (sub-marca da Trek): rodas, pneus, etc… O peso é bastante ajustado: 15,21 kg.

Ficha técnica:

  • Quadro: Aluminio Alpha 300 (forqueta Domane+ em carbono)
  • Motor: Fazua Evation 50 Nm
  • Bateria: Fazua 250 Wh
  • Transmissão: Shimano 105 11x (prato 50/34d – cassete: 11/34d)
  • Travões: Shimano 105 Hyd (160/160 mm)
  • Rodas: Bontrager Paradigm Comp 25
  • Pneus: Bontrager R3 700×32
  • Guiador: Bontrager Comp VR-C
  • Selim: Bontrager Arvada Comp
  • Peso: 15,21 kg
  • Preço: 4.199 euros

Mais informações: Trek Domane+ ALR


Notas importantes

Estamos numa altura em que a escassez de bicicletas faz com que muitos fabricantes não tenham ainda apresentado novos modelos para 2023, da mesma forma que nos sites de algumas marcas se torna complicado perceber se determinada bicicleta é de 2022 ou do ano que vem.

Pela mesmoa razão, alertamos para o facto de que, dada a elevada procura de bikes hoje em dia, pode ser difícil encontrar em stock alguns destes modelos no tamanho desejado. Apressa-te a contactar a tua loja caso pretendas adquirir uma delas.

As bicicletas que compõem este artigo estão dispostas por ordem alfabética. Os pesos são referidos apenas quando são indicados pelas marcas nas listas de especificações, visto que, como não se trata de um teste de grupo, não tivemos oportunidade de pesar cada bicicleta.

Quanto aos preços, alguns são oficiais e indicados no respetivos sites pelas marcas, outros resultam da nossa pesquisa online. Contacta diretamente os fabricantes ou os seus representantes em Portugal para ficares a conhecer os preços atuais de cada modelo/versão.


Sobre os artigos GoRide Top…

Este artigo não é um teste de grupo. Os GoRide Top são artigos em que juntamos uma série de produtos e/ou equipamentos que são referência em determinada área e/ou para determinada finalidades.

São escolhidos em função do que cada marca disponibiliza no momento, do que vemos noutros sites internacionais e da nossa experiência neste sector.

Conheces algum modelo que podia estar neste artigo e que tenhamos deixado de fora? Diz-nos qual, temos todo o gosto em adicioná-lo à seleção.


Também vais querer ler…

4 pontos em comum entre bicicletas de gravel e ciclocrosse


Artigo redigido por José Escotto e editado por Elisabete Silva e Jorge Lopes. Caso detetes algum erro ou tenhas informação adicional que enriqueça este conteúdo, por favor entra em contacto connosco através deste formulário.

PUB
Specialized Turbo Levo

Estás a gostar do GoRide.pt?

Então subscreve a Newsletter GoRide.pt clicando/tocando na imagem abaixo!

NEWSLETTER GORIDE.PT Newsletter GoRide.pt

Goride Team
Toda a GoRide Team alimenta este site como se não houvesse amanhã :) Damos preferência a tudo o que envolver diversão em cima de uma bike!

    Também vais gostar destes!

    Mais em Bikes