O contrarrelógio final disputado em Santa Luzia, Viana do Castelo, confirmou o bom momento do suíço Colin Stüssi (Team Vorarlberg), que defendeu de forma aparentemente calma a liderança da Volta a Portugal Continente 2023. O mais rápido do dia foi Txomin Juaristi (Euskaltel-Euskadi).

PUB
Selle SMP

Com 17.9 kms, o traçado do esforço individual que decidia a Volta continha a particularidade de terminar no alto de Santa Luzia, com características de cronoescalada no empedrado típico do monumento.

Precisão suíça, foi isso que demonstrou o grande vencedor da Volta a Portugal. Colin Stüssi acabou com as esperanças e dúvidas que ainda poderiam pairar nos seus adversários diretos, num dia em que Henrique Casimiro (Efapel Cycling) e Artem Nych (Glassdrive-Q8-Anicolor) perderam inclusive as suas posições no pódio.

Txomin Juaristi foi o ciclista mais rápido no traçado em Viana do Castelo, gastando 24m56s para os quase 18 kms de extensão. Mauricio Moreira (Glassdrive-Q8-Anicolor) foi o segundo, a 3 segundos, e Colin Stüssi o terceiro, a 26 segundos do vencedor.
Colin Stüssi é assim o grande vencedor, seguido por Txomin Juaristi, que ascendeu ao segundo posto da geral, a 1m04s, e António Carvalho (ABTF Betão-Feirense),  que alcança o lugar mais baixo do pódio, a 1m07s.
Daniel Babor (Caja Rural-Seguros RGA) e César Fonte (Rádio Popular-Paredes-Boavista) confirmaram as vitórias nas classificações por pontos e da montanha, respetivamente.
Afonso Eulálio (ABTF Betão-Feirense) quebra neste último dia de prova cedendo o seu primeiro lugar da juventude a Jaume Guardeño (Caja Rural-Seguros RGA). A Glassdrive-Q8-Anicolor vence coletivamente.

Mais info:

Lê também:

Volta Portugal – etapa 9: James Whelan foi o mais forte na Senhora da Graça

PUB
Novidades Trek 2024

Imagens: Federação Portuguesa de Ciclismo // Twitter Euskaltel-Euskadi // Twitter Mihai Simion 

Também vais gostar destes!