O ciclista da Jumbo-Visma Nathan Van Hooydonck encontra-se hospitalizado em estado crítico após ter sido vítima de um ataque cardíaco seguido de acidente de viação na manhã desta terça-feira.

PUB
BH GravelX

O acidente ocorreu num cruzamento no centro da cidade de Kalmthout, na província de Antuérpia. Quando estava parado no sinal vermelho, o corredor belga, de 27 anos, identificado como o condutor do carro causador do acidente, terá sofrido um enfarte – segundo o Sporza -, o que o levou a perder a consciência e a pisar o acelerador, fazendo a viatura avançar e a colidir com cinco carros. As imagens dos carros danificados mostram a violência do impacto.

Van Hooydonck foi reanimado no local do acidente antes de ser transportado para um hospital na cidade. A bordo do veículo seguia a companheira grávida do ciclista, que também foi hospitalizada por precaução, mas o seu estado de saúde não inspira cuidados.

Uma testemunha relata o que se passou após o acidente: “Dirigi-me imediatamente em direção ao Range Rover preto [o carro de Van Hooydonck]. Vi que havia uma mulher grávida envolvida no acidente e tentei tranquilizá-la enquanto outras pessoas começaram a tentar reanimá-lo [a Van Hooydonck]”.

PUB
Cube Stereo ONE

Nos acidentes implicados outras três pessoas ficaram feridas, incluindo uma criança.

Ao final da manhã, a equipa Jumbo-Visma publicava nas suas redes sociais um comunicado a dar mais informações sobre o sucedido.

“Podemos confirmar que hoje [terça-feira] cedo o nosso corredor Nathan van Hooydonck sentiu-se mal enquanto conduzia o seu carro, o que o levou a envolver-se num acidente de trânsito. Posteriormente, foi transportado para um hospital, onde está a receber cuidados médicos. Não podemos confirmar os rumores de que sua condição seja crítica. Ele está a passar por novos exames médicos. Obrigado a todos por suas mensagens para Nathan e a equipa”.

Mais tarde, a formação neerlandesa, que está a competir na Volta a Espanha, acrescentou, sem mais informações sobre o estado de saúde do seu corredor: “Vai ser difícil continuar a correr depois deste acontecimento”.

Lê também:

Diário da Vuelta: Sepp Kuss rejeita ofertas de Roglic e Vingegaard

Imagens: Jumbo-Visma Twitter

Também vais gostar destes!