“A bicicleta da marca mais rápida de sempre a subir, que junta leveza e aerodinâmica nunca antes vistas”. É assim que o fabricante apresenta a nova Factor O2 VAM, um modelo que podemos inclusive ver na Volta à França que está a decorrer, nas mãos dos ciclistas da equipa que ajudou a desenvolver a bicicleta, a Israel-Premier Tech.

PUB
Nova Trek Supercaliber

Dizem os responsáveis da Factor que se trata de bicicletas de estrada para subir, preferencialmente, mas que também são eficazes no campo aerodinâmico. Segundo a Factor, “nada será tão leve e tão aerodinâmico quanto esta nova Factor O2 VAM”.

“Começámos por perguntar aos ciclistas da Israel-Premier Tech como é que os poderíamos ajudar a obter melhores resultados, e eles responderam que queriam uma bicicleta que ficasse abaixo dos 7 kg, race ready com pedais e dorsal”, comenta o diretor de engenharia da Factor, Graham Shrive.

Em comparação com a Factor Ostro VAM, esta nova Factor O2 VAM foi concebida para ser tão rígida quando a sua “irmã” aero, mas com um aumento de 35% de rigidez e 12W mais rápida no túnel de vento, referem.

PUB
KTM

O top tube foi redesenhado e é agora mais fino (10 mm), para tentar absorver mais impactos provenientes do selim, e a posição de condução subiu também 10 mm para acomodar mais confortavelmente os atletas, explica a Factor.

O peso começa nos 6.2 kg. Sim. Exatamente, muito abaixo do limite legal UCI. O quadro no tamanho 54 marca na balança apenas 730 gramas e o espigão de selim é exterior, desta vez.

Não fugindo às novas tendências, esta Factor O2 VAM consegue acomodar pneus de até 32 mm, mas está otimizada para 28 mm. Por falar em pneus, outro dos pontos-chave desta nova bicicleta são as rodas selecionadas…

PUB
Beeq

Rodas Black Inc 28//33

O preço já de si é exclusivo: 2.799 euros. Mas, por outro lado, obtemos igualmente um conjunto leve e muito aerodinâmico, garante a marca, que é elogiado até por Chris Froome, que teve um papel chave no desenvolvimento.

Tubeless, otimizadas para pneus de 28 mm e a pesar 1.146 gramas o par. O perfil difere entre a roda traseira e dianteira: 33 e 28 mm, respetivamente. A medida interna do aro é de 23 mm e a externa de 28 mm. Os raios são de carbono, ajudam a manter o peso baixo, e também poupam alguns watts quando comparadas com o antigo modelo Thirty.

Israel-Premier Tech e Chris Froome

A colaboração entre a marca e equipa foi muito próxima, e o desenvolvimento foi feito através do feedback que foi entregue por um conjunto de ciclistas selecionados da equipa, entre os quais Chris Froome.

“Tudo começou com uma conversa com Rob (CEO da Factor) há mais de um ano. Discutimos como poderia ser a próxima bicicleta. Partilhei muitas ideias na fase inicial e estivemos em contacto desde esse momento”, explica Chris Froome sobre o seu envolvimento no desenvolvimento da bicicleta.

Froome acrescenta ainda que “foi a primeira vez que tive um contacto tão direto com as pessoas que desenvolvem os equipamentos que uso para competir. Algo de que gostei muito, pois dei o meu feedback e passado alguns meses conseguimos ver aquilo que falámos refletido no produto final”.

PUB
KTM

Em maio, Graham Shrive levou a nova Factor O2 VAM ao campo de treino da Israel- Premier Tech em Andorra, e foi este o primeiro encontro com o resultado. “Consegues sentir imediatamente. Vai ser muito boa em dias longos e de subidas”, disse Chris Froome no seu primeiro contacto com a bicicleta.

Desenvolvimento

Os objetivos eram ambiciosos, mas as novas tecnologias ajudaram em muito no processo e no tempo despendido. Foram usados processos como o Finite Element Analysis (FEA) e o Computacional Fluid Dynamiz (CFD) para estudar as formas estruturais e as aerodinâmicas da O2.

Aqui foram analisados em computador várias densidades e formas dos tubos. Graças a um investimento em cloud-based CFD, foi ainda possível desenvolver modelos que prevêem os coeficientes em modelos “animados”, com rodas a girar, componentes montados e até um ciclista a pedalar. Tudo em formato virtual, pelo que indica a Factor.

A prototipagem foi tornada mais eficiente e a marca conseguiu testar mais modelos tanto no túnel de vento como em ambiente real.

Aerodinâmica

A aerodinâmica é um dado muito importante, e principalmente no pelotão profissional World Tour. A marca assume que não é a primeira a criar uma bicicleta “para subir” com a aerodinâmica em mente, mas admite ter conseguido atingir “a mais leve e mais rápida”. Ou seja, o melhor dos dois mundos.

Foram retirados muitos conhecimentos do desenvolvimento da Factor Ostro Gravel e das suas formas aero, que conferem muita rigidez ao mesmo tempo que conduzem o ar de forma suave através do conjunto, explica o fabricante.

Cores, preços e personalização

Em termos de cores a marca anuncia três: Storm grey, Red Velvet e Chrome/Raw Carbon. Acrecenta a isto a opção Prisma Studio Custom Paint, que permite personalizar a bicicleta a gosto.

Storm Grey

Red Velvet

Chrome/Raw Carbon

A nova Factor O2 VAM está disponível em várias versões e vem equipada com transmissões Shimano ou Sram, sendo também possível adquirir o quadro em separado por si só. Este último custa 6.049 euros, e a opção mais cara da bicicleta completa chega aos 11.699 euros.

Mais info:

Lê também:

Tour 2023 – 9ª etapa: Woods vence em Puy de Dôme [com vídeos]

Imagens: Factor

Também vais gostar destes!