Como já por várias vezes referimos por aqui (e como podes ver no nosso especial Mudanças no World Tour: guia definitivo para a época 2022, o mediático Peter Sagan começa uma nova “aventura” este ano na equipa TotalEnergies.

PUB
Schwalbe Pro One Tubeless

O que não muda é a marca de bicicletas que Sagan utiliza, a Specialized, preferência que transita também para a nova equipa, por assim dizer. É que a marca não queria certamente perder de vista um dos corredores mais populares que apoia e que tantas alegrias lhe tem dado. Diz-se que, apesar dos êxitos desportivos diminuirem, os resultados comerciais crescem…

Assim, há alguns dias Peter Sagan e a equipa fizeram a sua apresentação oficial, e com a presença das novas Specialized S-Works Tarmac SL 7 que serão utilizadas em competição.

E é o próprio Sagan que explica e apresenta (no vídeo acima) todos os pormenores da bicicleta, que se mostra com um look bastante apelativo e com detalhes que não deixam ninguém indeferente…

A S-Works Tarmac SL7 de Peter Sagan

A bicicleta de série que serve de base a este modelo especial é a Specialized S-Works SL 7, com quadro em fibra de carbono Fact 12r, que custa 14.500 euros. E é curioso perceber que esta versão não difere assim tanto da original…

PUB
TrekFest 2024

A diferença mais global e mais notória é, de facto, a estética da bike, que Sagan tão bem apresenta no vídeo e que conseguimos ver perfeitamente nas imagens que ilustram este artigo. Mas há algumas “coisinhas” mais “escondidas”…

Uma delas é o desviador e as respetivas roldanas CeramicSpeed. É o OSPW System (Oversized Pulley Wheel), que utiliza uma roldana superior 13t e uma inferior 19t, ambas em alumínio e com rolamentos em cerâmica.

PUB
Schwalbe Pro One Tubeless

Os restantes elementos da transmissão equivalem ao que vem de série na bicicleta, tudo em torno de um conjunto Shimano Dura-Ace Di2 9200 que foi recentemente remodelado pelo fabricante japonês.

Já as rodas são as mesmas Roval Rapide CLX que estão na versão original (não esquecer que a Roval é uma marca que pertence à Specialized) e que contam com a fibra de carbono como matéria prima principal. Perfil de 51 mm na roda da frente e 60 mm na traseira, com peso anunciado de 1.400 gramas…

Também se destaca o espigão S-Works Carbon em vermelho e outros detalhes como os porta bidons Tacx Ciror e as fitas Supacaz Super Sticky Kush no guiador.

Voltando à estética, é claro que esta é algo muito ao gosto de Peter Sagan e que, como o próprio refere, tem inspiração nos muscle cars norte-americanos dos anos 70!

PUB
Giant TCR 2024

Mais info:


Fotos: Specialized // Team TotalEnergies

Também vais gostar destes!