A Trek-Segafredo vestiu-se de verde. Não só Mads Pedersen. Apenas os restantes ciclistas não puderem mudar os seus equipamentos, porque toda a equipa adoptou o verde como a sua cor oficial no final de festa da Volta a Espanha. Três vitórias de etapa e a classificação dos pontos: a camisola verde. E claro, houve bike personalizada.

PUB
Nova Trek Supercaliber

A Madone de Pedersen só podia ficar também bem verde, num contraste com a habitual vermelha. Mas um momento especial tem de ser assinalado. Foi uma excelente Vuelta para a equipa e principalmente para o dinamarquês, que desde o primeiro dia lutou por vitórias ao sprint e nem se assustou com algumas subidas, mostrando grande evolução neste aspeto.

Pedersen foi campeão do mundo em 2019, então quase um ilustre desconhecido. A sua carreira como que começou ao contrário. Começou em alta e depois é que se tem afirmado como um dos melhores. Mas aí está ele, com mais um grande feito na carreira, aos 26 anos.

Subir ao pódio em Madrid foi um marco e em casa terá uma bicicleta especial. A sua Madone foi personalizada com direito a todos os pormenores e nem os parafusos das grades escaparam ao verde!

Mas o melhor é mesmo ver como ficou a máquina verde da Trek de Mads Pedersen. Aqui ficam as fotos.

PUB
TrekFest 2024

Especificações:

  • Quadro: 7ª geração da Trek Madone, tamanho 58
  • Grupo: SRAM Red eTap AXS
  • Travões: SRAM Red Disc
  • Pedaleira: SRAM Red 56/43
  • Cassete: SRAM Red 10-33, edição gold (ouro)
  • Rodas: Bontrager Aeolus RSL 62
  • Pneus: Pirelli P Zero Race Clincher, 28 mm
  • Selim: Bontrager Verse Pro

Fotografias bicicleta: Chris Auld & Joris Knapen/Trek-Segafredo

Fotografia principal e restantes imagens: Rafa Gomez/SprintCyclingAgency/Trek-Segafredo

Também vais querer ler…

Specialized celebra conquista da Vuelta por Remco Evenepoel com bicicleta da cor da moda na Bélgica

PUB
KTM

Também vais gostar destes!