Tadej Pogacar venceu a terceira em seis etapas da Volta à Catalunha. Como era previsível, esloveno da UAE Emirates impôs-se na etapa rainha da 103.ª edição da corrida espanhola, outra vez com um ataque, agora a 30 quilómetros da meta, na penúltima subida.

PUB
Cube Stereo ONE

Pogacar, que é o primeiro corredor a vencer três etapas na mesma edição da Volta à Catalunha desde Alejandro Valverde em 2017, concluiu a etapa em Queralto, contagem de montanha de 1.ª categoria, com 57 segundos de vantagem sobre o duo composta por Egan Bernal (INEOS Grenadiers) e Mikel Landa (Soudal Quick-Step).

João Almeida terminou na 7.ª posição, a 2.18 minutos do seu companheiro de equipa e subiu uma posição na classificação geral, para a 9.ª, em igualdade com o 8.º, o italiano Antonio Tiberi (Bahrain Victorious), ambos a 6.23 minutos de Pogacar.

Os dois corredores que mais se aproximaram do estratosférico esloveno nesta etapa, Mikel Landa consolidou a segunda posição da geral, a 3.31 minutos do líder da classificação, e Egan Bernal, que fez uma boa operação no dia, subindo do 9.º lugar ao derradeiro degrau do pódio na geral (a 5.53 m), em véspera do último dia da competição, a etapa que culmina no tradicional circuito de Barcelona (Montjuic).

Classificações


Créditos da imagem: Volta à Catalunha Twitter – https://twitter.com/VoltaCatalunya/status/1771568284116160524/photo/1

PUB
Giant TCR 2024

Também vais gostar destes!