Fizemos o vídeo acima quando estávamos aos comandos da Mondraker Dusty, a nova e-gravel da marca espanhola, por ocasião da apresentação internacional que teve lugar recentemente em Alicante, Espanha, na sede/fábrica da Mondraker.

PUB
Riese & Müller Multitinker

E esta é efetivamente a maior das novidades neste momento no universo Mondraker, visto que, anunciada oficialmente hoje, a Mondraker Dusty é a estreia deste fabricante no segmento do gravel. E logo com uma elétrica!

GET DUSTY | NEW MONDRAKER e-GRAVEL 1/3

Contamos muito em breve publicar também o nosso hands-on com a XR, a versão topo de gama, para que possas ficar a conhecer desde já um pouco da performance da bicicleta, que apresenta algumas características distintas face ao que conhecemos do gravel…

De facto, a Dusty é a primeira gravel na história da Mondraker. “É uma nova plataforma, mas herda o mesmo ADN que colocamos em todas as nossas bicicletas de montanha”, garante a marca de Alicante. “Velocidade, capacidade, caracter, design”.

PUB
KTM E-Bikes BTT

httpv://www.youtube.com/watch?v=uqvK–wQDgY

Como a evolução do gravel nos últimos anos, a Mondraker quis perceber como “poderia contribuir com a sua visão, design e tecnologia na produção de uma bicicleta deste tipo, aplicando nela o conhecimento e a experiência acumulada ao longo de mais de 20 anos de trabalho”.

O resultado é o que aqui vemos (e já tivemos inclusive oportunidade de experimentar!). A nova Mondraker Dusty é assim um “bicicleta de gravel de aventura”, para voltas de uma hora quando temos pouco tempo ou para viagens de um ou dois dias, diz o fabricante.

PUB
Giant TCR 2024

A motorização baseia-se na unidade Mahle X20 e numa bateria interna de 350 Wh, que a Mondraker garante ser suficiente para até 180 km (dependendo do nível de assistência selecionado). É vendido em separado um range extender de 171 Wh (e185 X20) que pode ser instalado numa das grades de bidão. Mas já lá vamos.

STAY DUSTY | NEW MONDRAKER e-GRAVEL BIKE 3/3

Antes disso, o quadro, feito com a fibra de carbono Stealth Air Carbon da marca e com uma geometria totalmente nova, naturalmente. Reach mais longo, ângulo de direção mais aberto (70 graus), escoras mais curtas, com 425 mm e proteção integrada, para um triângulo traseiro mais ágil… Uma estrutura que “cede” verticalmente para absorver melhor as vibrações.

A bicicleta está equipada com transmissões 1x à frente, mas é compatível com conjuntos com dois pratos no pedaleiro. A forqueta é em carbono, os cabos passam por dentro do quadro e da direção, e o avanço e o guiador são também integrados.

O clearance à frente e atrás dá para pneus de até 47 mm, o que é pouco habitual nas gravel. Falamos da forqueta, mas a versão topo de gama, a Mondraker Dusty XR, conta com uma suspensão de 40 mm à frente, uma RockShox Rudy.

PUB
Beeq

Agora sim o motor, o Mahle X20 com bateria de 350 Wh integrada no downtube e 3,6 kg, debitando 55 Nm e com integração no eixo da roda traseira (e sensores de potência e cadência no BB)! Há um pequeno display no guiador (o Pulsar ONE Wireless Display, com Bluetooth e ANT+) para controlar todas as informações e os níveis de assistência à pedalada são três.

A Mondraker garante que trabalhou com a Mahle para que não se note qualquer sensação brusca nas transições e nas paragens do motor. As três opções de assistência podem ser configuradas na app para smartphone MySmartBike e fornecem apoio de 25%, 50% e 200% à pedalada, sendo o sensor presente no BB que deteta a força aplicada no pedal e gere a disponibilidade de energia vinda do sistema.

A gama Mondraker Dusty

São três versões: Dusty R, Dusty RR e Dusty XR, com preços de 4.999, 6.299 e 9.999 euros, respetivamente (prelços a confirmar). Podes ver as listas de especificações completas no site da marca, mas fazemos aqui um resumo do principal material em cada uma delas.

A Mondraker Dusty R vem com transmissão Sram Rival 1×11, rodas MDK-XG1 wheels, pneus Maxxis Rambler EXO de 40 mm e vários periféricos ONOFF.

Já a Dusty RR apresenta um conjunto de 12x, o Rival ETAP também da Sram e também com apenas um prato no pedaleiro. Os pneus são os mesmos Maxxis Rambler EXO de 40 mm e as rodas umas Mavic Allroad Disc.

No topo da gama, a Dusty XR, que foi a que tivemos oportunidade de ver mais de perto (hands-on em breve!). Nesta versão a transmissão é eletrónica (grupo Sram Force eTap AXS de 12x), tal como o espigão telescópico, o RockShox Reverb XPLR AXS com 75 mm de curso.

As rodas estão um patamar acima nesta XR, são as Mavic Allroad Pro Carbon SL, desta vez com pneus mais largo ainda, os Maxxis Rambler EXO de 45 mm. Temos aqui suspensão à frente, como já referimos: uma RockShox Rudy Ultimate de 40 mm.

Mais info:

Também vais gostar destes!