Na corrida de pista em eliminação dos Mundiais de Ciclismo, João Martins terminou na 24ª posição na prova que foi disputada ontem no Velódromo Sir Chris Hoy, em Glasgow, na Escócia.

PUB
KTM E-Bikes BTT

Apesar de um bom início de prova, João Martins desceu de rendimento e acabou por ser o primeiro corredor a ser eliminado. Uma queda de dois corredores na primeira partida levou à repetição da mesma, o que acabou por influenciar a prestação do português. O britânico Ethan Vernon viria a ganhar, à frente de Dylan Bibic (Canadá) e Elia Viviani (Itália), respetivamente.

“A saída do João não aconteceu por falta de capacidade motora. Foi falta de concentração. Fisicamente tinha condições para permanecer mais tempo em prova”, conclui o selecionador nacional Gabriel Mendes.

Em sentido contrário, o paraciclista Telmo Pinão terminou a sua participação competindo no contrarrelógio, inserido no omnium de classe C2, tendo ficado na 15ª posição com um registo de 1’21″799. Na geral, Telmo fez 66 pontos, fixando-se no 14º posto. Alexandre Leauté (França), com 156 pontos, sagrou-se o grande vencedor.

“Das quatro provas, superei totalmente o objetivo. Na perseguição individual consegui melhorar a minha marca em mais de cinco segundos. No scratch tenho dois motivos para estar feliz. O primeiro é ter perdido o medo, numa prova que é muito perigosa, que mete respeito, e eu só fiz duas corridas nesta disciplina, no Mundial do ano passado e no deste ano. Também tenho motivos para estar satisfeito pelas sensações que tive durante essa corrida e por ter estado com os melhores. O balanço global que faço destes dias é extremamente positivo, porque a evolução do desempenho relativamente ao ano passado foi muito grande”, congratula-se Telmo Pinão.

Mais info:

Lê também:

Mundiais Ciclismo: Wout Van Aert e Tadej Pogacar, o que disseram os ‘derrotados’…

PUB
Beeq

Imagens: Federação Portuguesa de Ciclismo

Também vais gostar destes!