Michael Storer (Team DSM) conquistou a vitória na 7.ª etapa da Vuelta a Espanha, a primeira de montanha da prova, ao cortar a meta isolado, após ter integrado a fuga do dia. O australiano de 24 anos impôs-se na íngreme subida final de Balcón de Alicante.

PUB

 

Carlos Verona (Movistar), outro integrante da escapada, cruzou a linha no segundo lugar, a 22 segundos do vencedor, e Pavel Sivakov (Ineos Grenadiers), no terceiro posto, a um minuto.

Sepp Kuss (Jumbo-Visma) e Jack Haig (Bahrain Victorious), que também fizeram parte da fuga de 29 homens, que formou aos 50 km, e ficaram em quarto e quinto lugar na etapa e ascenderam ao top 10 da classificação geral.

Primoz Roglic (Jumbo-Visma) não teve grandes problemas para manter a camisola vermelha, apesar do andamento forte de Adam Yates (Ineos Grenadiers) na segunda metade da subida final de categoria 1, mais íngreme, mas o esloveno não lhe largou a roda. Neste grupo, dos principais candidatos, também figuravam Egan Bernal (Ineos), a dupla Movistar de Enric Mas e Miguel Angel Lopez, David De la Cruz (UAE Emirates) e Louis Meintjes (Intermarché-Wanty-Gobert). Nenhum perdeu tempo.

PUB
Nova Coleção Evoc

Aleksandr Vlasov (Astana-PremierTech) perdeu o contato nos últimos quilómetros e cruzou a linha 13 segundos depois, enquanto Giulio Ciccone (Trek-Segafredo), Mikel Landa (Bahrain Victorious) e Richard Carapaz (Ineos) deixaram mais meio minuto para Roglic.

Hugh Carthy (EF Education-Nippo) e Alejandro Valverde (Movistar) abandonaram a prova durante a etapa. Carthy, já tinha passado mal no dia anterior, desceu da bicicleta a meio da jornada desta sexta-feira, enquanto Valverde, que começou o dia como um dos três corredores da Movistar entre os quatro primeiros da geral, teve uma queda violenta em descida, a cerca de 40 km do final.

Também vais gostar destes!