António Morgado, aos 20 anos e 63 dias de idade, é o corredor mais jovem a terminar no top-5 de um monumento do ciclismo desde há oito décadas (1946), com o seu quinto lugar na Volta a Flandres, que se torna também o melhor resultado sempre de um português na corrida belga, ganha pela terceira vez por Mathieu van der Poel este domingo.

PUB
Riese & Müller Multitinker

“Estou superfeliz, não esperava um bom resultado como este. Não acreditaria se me dissessem que ia fazer top-5, mas estou muito feliz com a prestação da equipa e a minha performance”, declarou o corredor da UAE Emirates em temporada de estreia no WorldTour, após cortar a meta.

 

 

PUB
TrekFest 2024

 

 

PUB
Schwalbe Pro One Tubeless

Van der Poel somou o quinto ‘monumento’ do seu palmarés e Morgado concluiu a 1.02 minutos do neerlandês campeão mundial. O jovem português integrou grupo que discutiu o pódio, tendo o italiano Luca Mozzato (Arkéa-B&B Hotels) batido Michael Matthews (Jayco AlUla) na luta pelo segundo lugar, mas o australiano (que foi 2.º na Milão-Sanremo, primeiro ‘monumento da época, atrás do belga Jasper Philipsen) foi desclassificado por sprint irregular, promovendo o alemão Nils Politt (UAE Emirates) a terceiro.

 

“Trabalhei para isto. A meio da corrida, comecei a sentir-me super bem e aí, sim, sabia que podia lutar por um top-10. Sofri muito, porque não estava na melhor posição”, contou Morgado, num dia em que se apercebeu que pode “lutar por grandes corridas”.

 

PUB
Riese & Müller Multitinker

 

 

 

“Não achava que fosse possível este ano. Agora, tenho essa motivação. Estou a começar a gostar destas corridas, não é que não gostasse, mas é um novo desafio”, afirmou.

O próximo grande desafio para António Morgado é já no próximo domingo, na Paris-Roubaix, terceiro monumento da temporada.

Classificação


Créditos da imagem: UAE Emirates Twitter – https://twitter.com/TeamEmiratesUAE/status/1774500186946928858/photo/1

Também vais gostar destes!