A excelente prestação de João Almeida no Giro valeu-lhe a subida de 18 lugares no ranking da UCI. Segundo o ranking individual oficial da modalidade, o corredor natural de A-dos-Francos fecha o top-10 com 2826.5 pontos.

PUB
Giant TCR 2024

O seu companheiro de equipa Tadej Pogačar é o líder do respetivo ranking com 6727.86 pontos neste momento, seguido de Remco Evenepoel (Soudal Quick-Step) e de Wout Van Aert (Jumbo-Visma), que fecham o top-3. Primož Roglič, o vencedor da corrida italiana, e Jonas Vingegaard, ambos da Jumbo-Visma, completam o top-5.

João Almeida na chegada ao Monte Bondone, onde saiu vitorioso.

À frente de Almeida encontram-se ainda Mads Pedersen (Trek-Segafredo), Jasper Philipsen (Alpecin-Deceuninck), Geraint Thomas (INEOS Grenadiers) e Mathieu van der Poel (Alpecin-Deceuninck), respetivamente.

Rui Costa (Intermarché-Circus-Wanty) no 73º posto e Rúben Guerreiro (Movistar) no 87º fecham o “pódio nacional”, sendo que também são os únicos ciclistas lusos que se encontram no top-100 mundial. Frederico Figueiredo da Glassdrive Q8 Anicolor é o ciclista mais bem colocado entre aqueles que competem em equipas nacionais, fixando-se na 440ª posição.

Quanto à classificação por equipas, esta é agora liderada pela Emirates, tendo ultrapassado a Jumbo-Visma, devido ao 3º lugar conquistado por João Almeida na Volta à Itália. No que diz respeito às equipas portuguesas, a Efapel Cycling é a melhor posicionada, no 118º lugar.

Na classificação por países, Portugal subiu ao 13º lugar, tendo ultrapassado a Noruega, o que significa que, se nada mudar até ao próximo mês, haverá seis corredores lusos a competir nos Mundiais de Glasgow, em agosto.

PUB
Riese & Müller Multitinker

Mais info:

Lê também:

António Morgado a caminho do World Tour?

Imagens: Instagram @joao.almeida.cyclist / @ruicostacyclist

Também vais gostar destes!