Na véspera da etapa rainha da Titan Desert, Josep Betalú ficou mais perto de alcançar o feito histórico de cinco vitórias consecutivas na mítica corrida de BTT. Porém, ainda tem um adversário que ambiciona destroná-lo do primeiro lugar. Já Clàudia Galicia não está a ter concorrência na elite feminina, tendo já mais de dez minutos de vantagem.

PUB
TrekFest 2024

“Amanhã vamos subir dois mil metros. Será espetacular, mas será uma etapa complicada”, salientou Galicia. A atleta da Megamo Factory admitiu que esta Titan Desert em terras espanholas faz recordar as vivências pelo deserto marroquino, local de eleição da prova. Devido à pandemia, a organização não só mudou a data, como levou a Titan Desert para a zona de Almería, no sul de Espanha.

© Titan Desert

Se nas senhoras Clàudia Galicia venceu as três etapas já realizadas e tem 10:14 minutos de vantagem sobre Silvia Roura (KH7-Logifrío) e 10:16 sobre Ramona Gabriel (Garmin-Lapierre), uma antiga vencedora da corrida, nos homens, Betalú tem Sergio Mantecón (Kross Racing) a 1:12 minutos.

No entanto, Jesús del Nero (Gobik Factory) – vencedor da primeira etapa – já está a 8:13, estando empatado com Julen Zubero (Victoria by Lapierre) na luta por um lugar no pódio.

© Titan Desert

Betalù ganhou a segunda e terceira tirada e irá à procura de confirmar o seu domínio na Titan Desert esta quinta-feira, dia que terá 106 quilómetros e 2307 metros de acumulado. Com partida e chegada em Tabernas, este é o dia mais complicado desta edição da Titan Desert, ainda que nenhum seja fácil na prova que é conhecida pelo Dakar das bicicletas.

PUB
Specialized Levo

“Não há etapas fáceis na Titan. Não podes baixar a guarda. O Sergio Mantecón andou muito na subida e eu consegui fugir com ele”, contou sobre a etapa desta quarta-feira. Betalù explicou como depois deixou-se ir na roda do adversário, sendo que tudo se decidiu ao sprint.

Também vais gostar destes!