Neste reatamento de calendário, só faltava a Raquel Queirós vencer na estrada. Feito! Aos 20 anos, a jovem ciclista está imparável e depois de conquistar o título nacional de XCE, de vencer no regresso da Taça de Portugal de XCO (segunda etapa), é agora campeã nacional de elite de contrarrelógio. Imparável!

Raquel Queirós (Guilhabreu BTT) é cada vez um caso sério de sucesso no ciclismo nacional, mostrando-se muito competitiva em todas as vertentes, não se podendo esquecer que está perto de se tornar na primeira atleta feminina portuguesa a apurar-se para os Jogos Olímpicos em XCO, depois de Maria Martins ter sido a primeira a qualificar-se em pista.

Neste domingo, Raquel Queirós voltou então à estrada para completar o percurso de 17,6 quilómetros em Castelo de Vide em 28:28 minutos. Foi a única ciclista a baixar do minuto 29. Vera Vilaça (Extremosul/Hotel Alísios/Cenmais), gastou mais 47 segundos do que Raquel Queirós, ficando com a medalha de prata. A de bronze foi para a corredora que celebrou o título de rampa há uma semana, Melissa Maia (Farto-Aguas do Paranõ), a 1:06 minutos.

Pódio de elite feminina © Federação Portuguesa de Ciclismo

Em juniores, a vitória foi para mais uma das ciclistas que tem mostrado grande evolução e que ainda recentemente foi aos Campeonatos Europeus. Daniela Campos completou a distância de 13,8 quilómetros em 22:27 minutos, com Beatrix Roxo (NRV-Academia de Ciclismo de Paredes) a ser segunda, a 1:13 minutos. Marisa Ferreira (Efapel-Escola de Ovar) fechou o pódio a 1:59.

Mariana Líbano (Maiatos) é a campeã nacional no escalão de cadetes, com um registo de 25:48, menos 32 segundos do que Marta Carvalho (Extremosul/Hotel Alísios/Cenmais) e menos 37 do que Íris Chagas (NRV-Escola de Ovar).

No sábado, disputou-se a prova de juniores e cadetes masculinos, com Fábio Fernandes (Efapel-Escola de Ovar) e António Morgado (Anipura-GDM-Escola Alexandre Ruas) a renovarem os títulos conquistados em 2019.

Os campeões de juniores e cadetes masculinos © Federação Portuguesa de Ciclismo

Fábio Fernandes completou os 17,6 quilómetros em 24:41, sendo o único ciclista a baixar da barreira dos 25 minutos. O segundo lugar ficou para Lucas Lopes (Póvoa de Varzim/CDC Navais), a 48 segundos do vencedor. Pedro Crispim foi terceiro, a 1:18.

Os cadetes cumpriram o percurso mais curto, de 13,8 quilómetros. António Morgado bateu o companheiro de equipa Gonçalo Tavares, que ficou a 33 segundos. Tiago Nunes (Silva & Vinha/ADRAP/Sentir Penafiel) fechou o pódio, com mais 39 segundos do que o campeão nacional.

Todos os campeões das provas de domingo © Federação Portuguesa de Ciclismo

Voltando a domingo. Nas categorias de masters os campeões foram (os homens cumpriram a distância mais longa e as senhoras a mais curta):

  • Amadores de elite: Rui Carvalho (Penafiel Bike Clube), 25:27 minutos
  • Masters 30: André Filipe (CPR A-do-Barbas-Akiplas-PVS), 25:38/Lurdes Gonçalves (5Quinas/Município de Albufeira/CDASJ), 25:20
  • Masters 40: Nuno Inácio, 25:56/Rita Reis (Maiatos), 25:38
  • Masters 50: Alberto Amaral (UC Ponte da Barca), 21:05/Filomena Gomes, 26:30
  • Masters 60: Joaquim Pinto (Silva & Vinha-ADRAP-Sentir Penafiel), 22:57