Raquel Queirós (Guilhabreu BTT) está imparável e somou mais uma vitória no regresso à competição pós-confinamento. Depois do título nacional de XCE, venceu a segunda prova da Taça de Portugal de Cross Country (XCO), que foi disputada na pista permanente de Souto Santa Maria, Guimarães. Em elite, entre os homens, foi José Dias (DMT Racing Team) o vencedor depois de um duelo intenso com Roberto Ferreira (Guilhabreu BTT), que durou praticamente até à meta.

- - - Pub - - -

Specialized Recolha em Loja

Mas começando pelas senhoras, no regresso do XCO a ação. Raquel Queirós continua a demonstrar ser uma das melhores atletas portuguesas, adaptando-se a várias vertentes, incluindo a estrada. Está muito perto de se apurar para os Jogos Olímpicos de Tóquio em XCO (a qualificação foi interrompida devido à pandemia) e no regresso à competição depois da paragem forçada, Raquel Queirós foi claramente superior em Guimarães.

A atleta deixou a 3:58 minutos Joana Monteiro (Axpo/FirstBike Team/Vila do Conde) e a 6:19 Maaris Meier (Miranda Factory Team), que scompletaram o pódio. Raquel Queirós lidera a Taça de Portugal após esta vitória.

© Federação Portuguesa de Ciclismo

Na prova masculina a história foi bem diferente, com José Dias a terminar com uma vantagem de apenas quatro segundos sobre Roberto Ferreira, o recente campeão nacional de XCE (eliminação BTT). Apesar do segundo lugar, assumiu a liderança da Taça de Portugal.

A luta pela terceiro posto também foi intensa, com Ricardo Marinheiro a conseguir subir ao pódio, terminando a 2:19 minutos do vencedor, tendo de bater Tiago Ferreira (DMT Racing Team), que ficou na quarta posição.

Os melhores juniores foram João Cruz (Axpo/FirstBike Team/Vila do Conde) e Rafaela Ramalho (Irmãos Moreiras/ACDRREBORBTT). Na categoria de cadetes ganharam Daniel Lima (BTT Loulé/Elevis) e Mariana Líbano (Maiatos).

Nas categorias de veteranos venceram: os masters 30 André Filipe (CPR A-do-Barbas/Akiplast/PVS) e Cristina Pereira (Figueirasbtt/Lousada/CarvicTeam), os masters 40 Marco Macedo (Saertex Portugal/Edaetech) e Raquel Marques (Axpo/FirstBike Team/Vila do Conde), o master 50 António Passos (Rompe Trilhos/Ajpcar) e o master 60 Luís Tomé (Korpo Activo/Penacova).

Paulo Teixeira (Rodabike/ACRG/Gondomar) foi o único paraciclista hoje presente na corrida do Centro de Ciclismo do Minho. O BTT Loulé/Elevis subiu do Algarve ao Minho para ganhar por equipas.

A Taça de Portugal de XCO ficará decidida em Marrazes, Leiria, a 1 de novembro. No entanto, entre 26 e 27 de novembro irá realizar-se o Campeonato Nacional, na pista de Tamengos, Anadia.

GoRide

Subscreve a Newsletter GoRide!

Todos os artigos diretamente no teu email.