A União Ciclista Internacional (UCI) atualizou os rankings mundiais pela primeira vez após os resultados da Volta a França, a competição mais valorizada de toda a temporada para a referida classificação. E são assim muitas as alterações no ranking UCI.

PUB
Novidades Trek 2024

Se os quatro primeiros lugares mantiveram o alinhamento, com Tadej Pogacar (UAE Emirates) bem à frente de Remco Evenepoel (Soudal Quick-Step), Wout Van Aert (Jumbo-Visma) e Jonas Vingegaard (Jumbo-Visma), após estes houve bastantes movimentações.

Graças aos excelentes desempenhos na Grande Boucle, Jasper Philipsen (Alpecin-Deceuninck) e Adam Yates (UAE Emirates) recuperaram posições e agora encontram-se na 5.ª e 6ª, respetivamente.

Esse também é o caso de Pello Bilbao (Bahrain-Victorious), Simon Yates (Jayco AlUla), Carlos Rodriguez (INEOS Grenadiers) e Thibaut Pinot (Groupama-FDJ), que ascenderam ao top 20.

Os grandes “perdedores” na nova classificação são obviamente os ausentes do Tour, como Primoz Roglic (Jumbo-Visma), que passou do 5.º ao 8.º lugar, ou Geraint Thomas (INEOS Grenadiers), que era 13.º e agora encontra-se apenas em 30º.

PUB
Orbea Genius Dealers

Depois de um Tour medíocre, Mathieu Van der Poel (Alpecin-Deceuninck) e David Gaudu (Groupama-FDJ) passaram do 6.º para o 9.º lugar e do 18.º para o 27.º, respetivamente.

A UAE Emirates permanece no topo do ranking por equipas, à frente de Jumbo-Visma e INEOS Grenadiers. Na classificação por países, a Bélgica mantém o 1.º lugar.

Na vertente feminina, Demi Vollering e sua equipa SD Worx continuam a monopolizar os primeiros lugares do ranking.

Lê também:

Vingegaard quer vencer cinco edições do Tour: ‘Quem não gostaria?’

PUB
KTM

Imagens: Tour de France, UAE Emirates e Alpecin-Deceuninck Twitter

Também vais gostar destes!