O jornalista desportivo inglês, Phil Liggett, conhecido pelos comentários ao ciclismo profissional, proferiu declarações controversas, na imprensa australiana, sobre Lance Armstrong.

PUB
Orbea

“Lance foi provavelmente o ciclista mais talentoso da sua época. Drogas, como sempre digo, não transformam um burro num puro-sangue”, disse Liggett numa entrevista recente ao jornal Sydney Morning Herald.

Phill Ligget cobriu jornalisticamente 47 edições da Volta a França

“Ele era naturalmente muito bom”, afirmou Liggett. “Quando Lance percebeu que o Tour estava repleto de drogas, disse à sua equipa ‘Faremos melhor do que eles’. E se os companheiros de equipa não concordassem, ficavam de fora. Por isso, a maior parte deles teve de recorrer a drogas apenas para pode ajudá-lo… porque ajudar Lance era preciso ser muito bom”, opinou o jornalista britânico.

“Não nos devemos esqueça que [Armstrong] estava competindo contra outros que também se dopavam, que também passaram no controlo anti-doping. Por isso, a organização do Tour não promoveu os segundos classificados, atrás de Armstrong, à vitória, o que não tem precedentes. Temos sete cruzes no historial da prova, não é normal. Porquê? Porque sabiam que os segundos e os terceiros, todos, estavam também dopados”, continuou Liggett, que cobriu noticiosamente 47 edições da Voltas a França.

PUB
Specialized Recolha em Loja

NEWSLETTER GORIDE.PT Newsletter GoRide.pt

Goride Team
Toda a GoRide Team alimenta este site como se não houvesse amanhã :) Damos preferência a tudo o que envolver diversão em cima de uma bike!

Também vais gostar destes!