Está aberta a contagem da Glassdrive-Q8-Anicolor em 2023. A equipa que mais ganhou na época passada conquistou, este domingo, a Clássica da Primavera por intermédio de Mauricio Moreira.

PUB
Nova Mondraker Dune

O uruguaio – vencedor da última Volta a Portugal – já havia demonstrado boa forma há uma semana, na Clássica de Santo Thyrso. Então assumiu uma função mais de trabalho. Desta feita, integrou a fuga e foi o mais forte no final dos 145 quilómetros.

“É uma alegria enorme em conquistar esta vitória, logo no início da temporada, o que só revela que o trabalho está a ser feito no caminho certo. Penso que agora podemos ficar um pouco mais descontraídos, porque esta será mais uma motivação para toda a equipa continuar o bom trabalho que já começou”, destacou Moreira.

Num circuito que incluía sete passagens na subida do Monte de São Félix, Mauricio Moreira atacou na última das ascensões, deixando para trás os companheiros de uma fuga que chegou a ter dez ciclistas. Nunca mais ninguém o apanhou.

Moreira cortou a meta isolado na Póvoa de Varzim, com Luís Gomes (Kelly-Simoldes-UDO) a ser segundo, a 20 segundos do vencedor. Hugo Nunes (Rádio Popular-Paredes-Boavista) foi terceiro, com o mesmo tempo, comprovando o bom início de temporada que está a realizar.

PUB
Nova Mondraker Dune

“Foi um bom dia para a nossa estrutura. Acabou por ser uma bonita vitória do Mauricio, com um grande trabalho de toda a equipa, desde o Frederico, Mendonça, Artem, Duarte, Pedro e Fábio e também de todo o staff”, afirmou o diretor desportivo da Glassdrive-Q8-Anicolor, Rúben Pereira.

A Clássica da Primavera determinou ainda novos líderes na Taça de Portugal Jogos Santa Casa. Após duas provas – a primeira foi na Região de Aveiro – Rafael Silva (Efapel Cycling) assumiu a liderança, depois de um segundo lugar e agora um sétimo.

Pedro Silva (Glassdrive-Q8-Anicolor) venceu a classificação da juventude e assumiu a liderança entre os sub-23 na Taça de Portugal. A sua equipa colocou três corredores no top 10. Além de Moreira, o russo Artem Nych foi quinto e Luís Mendonça nono, contribuindo assim para a vitória por equipas na Clássica da Primavera.

Gonçalo Leaça (Credibom-LA Alumínios-Marcos Car) venceu a classificação da montanha e Pedro Andrade (ABTF Betão-Feirense) a das metas volantes.

PUB
Nova Mondraker Dune

No próximo domingo, realiza-se a Clássica da Arrábida, corrida de categoria 1.2 da UCI. Quanto à Taça de Portugal, a terceira e última prova pontuável será a Clássica Aldeias do Xisto, a 16 de abril.

Classificações:

Também vais querer ler…

Entrevista GoRide | Joaquim Silva: ‘É motivador chegar a provas internacionais e conseguir andar com os melhores’

Fotografias: Federação Portuguesa de Ciclismo

Também vais gostar destes!