“Incondicionalmente rápida” é a expressão com que a BMC descreve esta sua nova bicicleta. “Uma máquina sem compromisso ou constragimento, para que seja a mais rápida de sempre”, referem. Concebida para contrarrelógio e triatlo (incluindo provas Ironman…), a BMC Speedmachine 01 oferece “a rapidez, a estabilidade e a segurança que é preciso para vencer”, garante a marca suíça.

PUB
Specialized Levo

Ainda não satisfeita com as elevadas valências da sua novíssima “cabra”, a BMC considerou que criar a bicicleta mais rápida de sempre não era suficiente… E, como tal, a Speedmachine 01 é apregoada pelo fabricante como “previsível e confortável”. Dois pilares que reforçam a performance, explica a BMC.

Apesar dos testes em túnel de vento, que permitem otimizar os pormenores aerodinâmicos, a Speedmachine 01 foi submetida a longos e aturados testes de estrada, onde, afinal, será utilizada.

“Mantivemos o foco no ciclista, na bicicleta e no ambiente que os rodeia, como se fossem um só. Assim criámos a nossa bicicleta mais rápida de sempre, em qualquer tipo de condições”, declara a marca helvética.

Impec Lab e Redbull

A BMC otimizou, ‘obrigatoriamente’, a aerodinâmica, mas também a leveza e  a rigidez proporcionada pelo quadro. Para se assegurar essa subida de nível, os estudos de desenvolvimento da nova Speedmachine 01 foram realizados em parceria com o Impec Lab, o centro tecnológico e de R&D de excelência da BMC, e a equipa de Fórmula 1 Red Bull Racing, através do seu departamento de Advanced Technologies, “que têm sempre algum truque na manga”, refere o fabricante.

PUB
BH GravelX

A Red Bull Advanced Technologies e a sua equipa permitiu uma abordagem diferente no processo da estudo e desenvolvimento da nova Speedmachine 01. Foram usados simuladores e testes em túnel de vento.

A experiência e os recursos proporcionados por esta benéfica parceria são visíveis nas linhas do quadro e na integração de praticamente todos os componentes da BMC Speedmachine 01.

SharkFin

Aqui, começam as influências da Fórmula 1 provenientes da Red Bull… O fluxo de ar foi otimizado em todas as formas do quadro e também a posição do atleta, de forma a garantir o menor arrasto aerodinâmico possível.

O ‘SharkFin’ na forqueta revela inspiração dos carros de Fórmula 1, mas não são influências meramente estéticas, dado que “conferem velocidade e estabilidade”, segundo a marca.

PUB
Selle SMP

Não há velocidade sem… estabilidade!

Em bicicletas de triatlo e de contrarrelógio existe um único compromisso: percorrer uma distância em menos tempo possível. No entanto a BMC não se ficou apenas pela otimização deste paradigma na concepção da nova Speedmachine 01…

Com a colaboração extensiva do Impec Lab foi criado uma “geometria revolucionária que confere confiança ao ciclista e um comportamento previsível da bicicleta, algo nunca antes visto nesta classe”.

“Optimizámos a distribuição de peso para que a posição aerodinâmica fosse mantida por mais tempo, pedalar mais rápido e acabar o esforço mais fresco”, diz a BMC.

‘Pedigree’ de competição

O feedback proveniente dos vários atletas que testam e utilizam as bicicletas em ambientes de pura competição são testemunhos que ajudaram imenso no desenvolvimento da nova Speedmachine.

PUB
BH GravelX

“A diferença que mais noto em relação à Timemachine é o quanto esta nova Speedmachine é estável em alta velocidade, em subidas e em ventos cruzados”, comentou Max Neumann, triatleta da BMC.

A Speedmachine 01 não foi exceção e tanto os triatletas profissionais como alguns corredores do World Tour foram responsáveis por ‘meter à prova’ a nova bicicleta. Testada em cenários e percursos diversos e com diferentes atletas, a BMC garante que a opinião dos utilizadores mais exigentes é unânime: a Speedmachine 01 garante “confiança e previsibilidade”.

Entre os ensaiadores esteve o corredor australiano da equipa AG2R Citroen, Ben O’Connor, e no final de muitos dias de experiência com a bicicleta,  deixou as suas impressões sobre a Speedmachine 01:  “É impressionante! Realmente, um passo na direção certa, na minha opinião. O ponto mais positivo é mesmo a facilidade com que é possível manobrar a bicicleta e a sua estabilidade”.

Leveza e fit?

O peso não saiu da equação. Meio quilo mais leve do que a BMC Timemachine e, com os mesmo níveis de rigidez que permitem a melhor eficiência na transferência de potência.

Potência essa que é otimizada pela posição do ciclista em cima da bicicleta. A Speedmachine proporciona um “encaixe universal”, ou seja, adapta-se às necessidades de cada indivíduo, garante a marca Suíça.

Devido aos ajustes facilitados e ao design simplista e minimalista do ‘cockpit’ (acoplado apenas com quatro parafusos) já não é preciso recorrer a mecânico profissional para fazer as regulações à Speedmachine 01 – medida que também simplificou o processo de montagem e desmontagem, por exemplo, para viagens.

Para quem se aventurar em percursos mais longo, ‘ao estilo’ de Ironman, a BMC Speedmachine 01 dispõe de ‘locais’ próprios para armazenamento de alimentos, de bidões e de ferramentas de recurso.

Speedmachine 00 LTD

Esta é a versão mais exclusiva da Speedmachine e conta uma etiqueta de 23.000 euros.

Esta opção equipa com o grupo de transmissão Sram Red AXS: pedaleiro com potenciómetro (48-35d) e 12 velocidades. O selim é o Fizik Transiro Aeris LD, que ajuda a manter a posição o mais aerodinâmica possível.

As rodas são as Zipp 858 NSW Tubeless Disc, ‘envolvidas’ por pneus Pirelli P-Zero Race SL TLR (com espaço para pneus até 30mm). O cabos são de passagem totalmente interna pelo quadro que é construído no Premium Carbon da marca Suíça.

Mais info:

Lê também:

5 coisas que estamos a adorar na BMC Roadmachine 01 AMP X ONE 2023 [com vídeo]

Imagens: BMC

 

Também vais gostar destes!