A quarta etapa da Volta ao País Basco fica marcada por uma grave queda coletiva a cerca de 36 kms da meta, envolvendo cerca de uma dezena de corredores, entre os quais Remco Evenepoel, Primoz Roglic e Jonas Vingegaard.

PUB
Specialized Levo

O dinamarquês é o corredor que inspira mais cuidados. O vencedor das duas últimas edições da Volta a França esteve largos minutos a ser assistido pelas equipas médicas da organização e depois de imobilizado com colar cervical foi transportado de ambulância ao hospital, encontrando-se consciente e será submetido a exames aprofundados, anunciou a equipa Visma-Lease a Bike.

“O Jonas [Vingegaard] está consciente e vai ser examinado agora no hospital. Obrigado por todas as mensagens”, refere a equipa nas redes sociais, remetendo mais informações para mais tarde.

A queda ocorreu durante uma descida, numa curva, quando o pelotão seguia a alta velocidade. A organização neutralizou a etapa.

Remco Evenepoel (Soudal Quick-Step), foi outros dos acidentados e o primeiro a sair de estrada. O belga caiu para a berma, mas não terá embatido em nada, passando ao lado de árvores e pedras, tendo abandonado o local também de ambulância, com queixas na zona da clavícula.

A equipa do campeão mundial de contrarrelógio também informou apenas que o seu corredor foi transportado ao hospital para ser examinado.

Por seu turno, Primoz Roglic (BORA-hansgrohe), que liderava a geral, após se ter restabelecido entrou no carro da equipa, aparentemente sem lesões graves. Recorde-se que o esloveno já tinha caído na etapa da véspera, sofrendo diversas escoriações e hematomas. Após o acidente desta quinta-feira, também acaba por abandonar a corrida.

 

O australiano Jay Vine (UAE Emirates) também esteve envolvido na queda e esteve a estar assistido no local durante muito tempo pelos serviços de emergência. A sua equipa anunciou que o ciclista tinha sido levado para o hospital.

“O Jay está consciente e a conversar. Faremos outra atualização depois de realizados os exames médicos”, refere a UAE Emirates.

 

Natanael Testfasion (Lidl-Trek), Alexandr Cepeda e Sean Quinn (EF Education EasyPost) também estiveram envolvidos na queda.

 

Testfasion e Sean Quinn foram transportados ao hospital para serem examinados.


Créditos da imagem: Mihai Simion Twitter -https://twitter.com/faustocoppi60/status/1775894283234742450/photo/1

Também vais gostar destes!