Georg Steinhauser (EF Education Easy-Post) triunfou hoje na 107ª Volta a Itália. O ciclista alemão venceu isolado e depois de uma fantástica exibição de ciclismo, que no pelotão resultou em mais vantagem para Tadej Pogacar (UAE Emirates)…

PUB
Schwalbe Pro One Tubeless

A 17ª etapa apresentava 159 kms entre Selva di Val Gardena e o Passo del Brocon, um dia recheado de alta montanha e que poderia ditar diferenças importantes.

O tiro de partida trouxe animação imediata, com a corrida a ser atacada desde cedo e por muitas das equipas. Com esta situação de corrida rapidamente tivemos a primeira fuga do dia com oito ciclistas, na qual constavam nomes como por exemplo Julian Alaphilippe (Soudal-Quick Step) e Nairo Quintana (Movistar).

Descontente com a situação de corrida, a Team dsm-firmenich PostNL de Romain Bardet decide “caçar” o grupo de fugitivos, o que acontece à entrada dos 60 kms finais…

Amanuel Ghebreigzabhier (Lidl-Trek) é quem tenta a sua sorte de seguida, e pouco depois, arranca ao seu encontro Georg Steinhauser que o viria a alcançar. A dupla colabora e manteve-se junta a a maior parte da subida final, mas, Steinhauser, tinha a mais aquilo que Amanuek tinha a menos, e depois do “descartar” cruzou a meta isolado.
No pelotão assistimos a um grupo muito restrito e com a Ineos-Grenadiers a controlar. Mas, foi Lenny Martinez (Bora-Hansgrohe) quem abriu as hostilidades do ataque e levou na roda Tadej Pogacar.
O ciclista esloveno demonstrou uma vez mais a sua superioridade física e acaba por seguir sozinho, alcançando ainda o segundo lugar da etapa, a 1m21s. Antonio Tiberi fechou o pódio, a 1m41s. Geraint Thomas e Martínez chegam no grupo de Tiberi.
Top 10 após 17ª Etapa

Top 10 após 17ª Etapa

Mais info:


Crédito imagens: Volta a Itália

PUB
Schwalbe Pro One Tubeless

Também vais gostar destes!