A 3ª etapa da Volta a França do Futuro, um contrarrelógio por equipas de 26,5 km, disputada na terça-feira entre Vatan e Issoudun, não correu bem a Portugal.

PUB
TrekFest 2024

O sexteto luso fez o tempo de 30.08 minutos, correspondente à 19.ª posição entre 27 equipas, a 1.55 minutos do vencedor, que foi o conjunto dinamarquês.

“Sabíamos que iríamos perder tempo numa disciplina que é muito difícil para as caraterísticas dos nossos corredores. No entanto, limitar as perdas a menos de dois minutos é positivo, porque as etapas em falta, sobretudo as de alta montanha, permitem ganhar e perder muito mais do que isso. Saímos animados desta etapa”, resume o selecionador nacional, José Poeira.

O dinamarquês Carl-Frederik Bévort é neste momento o novo líder da geral, com o mesmo tempo do compatriota Simon Dalby e menos sete segundos do que o francês Pierre Thierry.

Gonçalo Tavares mantém-se como o melhor português, na 51.ª posição, António Morgado é 52.º e Alexandre Montez 53.º, todos a 1.55 minutos da liderança, enquanto Lucas Lopes é 73.º a 2.39 minutos, Diogo Gonçalves 116.ª, a 7.34, e José Bicho 140.º, a 14.25.

Corre-se neste momento a 4ª etapa, num percurso de 149 km entre Aigurande e Evaux-les-Bains.

Imagens: FPC

Também vais gostar destes!