“Não é uma etapa decisiva, não se ganha o Tour, mas poderá perder-se”, comenta Tadej Pogacar, sobre a etapa 9, neste domingo, com 14 troços num total de 32 km de troços com piso em gravilha.

PUB
Specialized Levo

Apesar de o esloveno ser especialista neste tipo de corridas, vencedor por duas vezes da Strade Bianche, a última das quais em março deste ano, deixa um alerta para o seio da sua equipa, a UAE Emirates.

“Como equipa, teremos de estar ainda mais concentrados, mais acutilantes. Devemos estar atentos a cada setor de gravilha, a cada entrada, a cada saída. O vento, a chuva e há múltiplos obstáculos que podem procovar incidentes e contratempos”, afirmou Pogacar.

“Por isso é que digo que, apesar de não ser uma etapa decisiva, poderá fazer perder o Tour. Mesmo se formos os melhores no gravel, se tivermos um furo no momento errado, pode perder-se muito tempo. E há bastantes equipas fortes neste Tour, teremos de controlar”, acrescenta o líder da Volta a França.


Crédito da imagem: UAE Emirates Twitter – https://x.com/TeamEmiratesUAE/status/1809567525979439180/photo/1

Também vais gostar destes!