Adam Yates venceu a Volta à Catalunha, que hoje terminou em Barcelona e que foi dominada pela Ineos Grenadiers, que garantiu os três primeiros lugares da classificação geral.

PUB
Cube Stereo ONE

Nono na derradeira etapa, com chegada ao Parc Montjuïc, Yates manteve 45 segundos de vantagem para o companheiro de equipa Richie Porte, que ficou em segundo lugar na corrida catalã, e 49 segundos para outro co-equipier, Geraint Thomas, que fechou o pódio totalmente Ineos.

(Foto David Ramos/Getty Images)

A vitória da etapa final foi para o rolador Thomas De Gendt (Lotto-Soudal), depois de bater o parceiro de fuga Matej Mohorič (Bahrain Victorious) a cinco quilómetros da meta. Para o belga foi a segunda vitória no tradicional último dia em Montjuïc e a quinta em todas as participações na Volta à Catalunha.

De Gendt em fuga fez parte de um grande grupo de fugitivos que se isolou muitas antes das seis voltas de sete quilómetros ao exigente circuito de Montjuic (final), que tradicionalmente decidem a etapa. A Ineos manteve o controlo do grupo dos corredores que lutavam pela classificação geral, mas sem se registarem grandes ameaças à liderança de Yates.

O português João Almeida (Deceuninck-QuickStep) terminou a etapa integrados no grupo dos homens do top-ten e manteve a excelente sétima posição à geral, a 1.05 minutos de Adam Yates. Rúben Almeida (EF Education-Nippo) ficou num igualmente positivo 23º lugar, a 10.46 minutos do vencedor.

Classificação geral final

PUB
Cube Stereo ONE
  1. Adam Yates (Ineos Grenadiers) 26:16.41 horas
  2. Richie Porte (Ineos Grenadiers) a 45 segundos
  3. Geraint Thomas (Ineos Grenadiers) a 49 s
  4. Alejandro Valverde (Movistar) a 1.03 minutos
  5. Wilco Kelderman (Bora-Hansgrohe) a 1.03 m
  6. Esteban Chaves Rubio (BikeExchange) a 1.04 m
  7. João Almeida (Deceuninck-QuickStep) a 1.05 m

Também vais gostar destes!