Mathieu van der Poel conquistou o quarto título mundial de ciclocrosse, terceiro consecutivo, impondo-se com autoridade ao eterno rival Wout van Aert em Ostende, na Bélgica.

PUB
Trek E-Caliber

O holandês dominou a corrida a partir de metade da segunda volta, após ter beneficiado de um furo e a indispensável troca de bicicleta, de Van Aert, que fez o belga perder cerca de 15 segundos que mantinha na liderança e ser ultrapassado pelo seu principal adversário.

Van der Poel não começou bem a prova – ou terá sido Van Aert a iniciá-la superiormente -, chegando a cair numa passagem pela lama, mas concentrou-se e, aproveitando o furo do seu oponente, fez uma extraordinária recuperação, alcançando-o e ultrapassando-o imediatamente, para não parar de ganhar vantagem até ao final da prova. O corredor da Alpecin-Fenix terminou a corrida 37 segundos à frente de Wout van Aert, que teve de conformar-se com o segundo lugar.

Foto Dion Kerckhoffs/BettiniPhoto

“Não sei o que fez a diferença. Correu tudo bem. O pneu furado [de Wout Van Aert] foi um pouco de sorte para mim, mas naquele momento não senti que a corrida tinha acabado ainda” disse Van der Poel.

“As condições do percurso mudaram e ficou um pouco mais rápido no sector da praia [areia] e senti-me melhor então. Senti as pernas boas e melhorei a cada volta, correndo na areia. Talvez tivesse sido isso a fazer a diferença”, afirmou tetracampeão mundial de ciclocrosse, agora com mais um título do que Van Aert.

Foto Dion Kerckhoffs/BettiniPhoto

O belga estava desapontado no final. Perdera a corrida e revelando uma incapacidade inesperada de lutar com Van der Poel. Após um arranque promissor, a liderança nas primeiras duas voltas e os referidos percalços do seu principal oponente, mostrou-se aquém do que se esperaria, e o segundo lugar é parco consolo para o corredor da Jumbo-Visma.

Na luta pelo pódio, o belga Tom Aerts superiorizou-se ao britânico Tom Pidcock (4.º)

Classificação

  1. Mathieu van der Poel (Países Baixos)
  2. Wout van Aert (Bélgica) a 37 segundos
  3. Tom Aerts (Bélgica) a 1.24 minutos
  4. Tom Pidcock (Reino Unido) a 1.37 m
  5. Laurens Sweeck (Bélgica) a 2.05 m
  6. Michael Vanthourenhout (Bélgiva) a 02.14 m
  7. Eli Iserbyt (Bélgica) a 02.18
  8. Quinten Hermans (Bélgica) a 2.23 m
  9. Lars van der Haar (Países Baixos) a 2.41 m
  10. Joris Nieuwenhuis (Países Baixos) a 3.15 m

 

PUB
Orbea

NEWSLETTER GORIDE.PT Newsletter GoRide.pt

Goride Team
Toda a GoRide Team alimenta este site como se não houvesse amanhã :) Damos preferência a tudo o que envolver diversão em cima de uma bike!

Também vais gostar destes!