Ao terceiro dia do UAE Tour, a primeira chegada em alto, e ao célebre Jebel Jais. Ben O’Connor escreveu o seu nome ao lado dos ilustres vencedores nesta montanha, entre outros, Primoz Roglic, Jonas Vingegaard e Tadej Pogacar.

PUB
Orbea Genius Dealers

Perfeitamente lançado pelo seu companheiro de equipa Valentin Paret-Peintre sob a bandeira vermelha (último quilómetro), o australiano da Decathlon AG2R La Mondiale conseguiu resistir à perseguição dos seus adversários.

O que mais se aproximou foi Jay Vine, que ficou no 2.º lugar e salvou o dia muito difícil da sua equipa UAE Emirates, que perdeu Adam Yates após uma queda que deixou o britânico e favorito bastante dorido, e que viu o líder Brandon McNulty em dificuldade no final.

O norte-americano também perdeu a camisola vermelha de líder, mas para o seu companheiro de equipa Jay Vine. Nada de muito negativo, então.

Foi o cenário clássico de batalha na longa subida de Jebel Jais (19 km a 5,6%). De início da UAE Emirates impõe um ritmo bastante lento, até que a Movistar tenta a mesma jogada do ano passado, com Einer Rubio, que parte para a ofensiva a 12 km da linha, mas desta vez é controlado por Mikkel Bjerg (UAE Emirates).

Pouco dois, Adam Yates fica em dificuldade e pára no meio da subida. O britânico parece atordoado e abandona a corrida! Primeira baixa importante nesta 6ª edição da corrida dos Emirados, e para a equipa da casa.

O último quilómetro decisivo

PUB
KTM

Apesar da desistência de Adam Yates, Mikkel Bjerg continua liderando um pelotão de 40-50 corredores, em prol de Brandon McNulty e Jay Vine. Jan Hirt (Soudal Quick-Step) ataca a 6 km da chegada, mas o checo é rapidamente alcançado ainda e sempre por Bjerg.

Alguém tem de mexer mais na corrida e é a Decathlon AG2R La Mondiale a aumentar o ritmo para Ben O’Connor, desde logo muitos corredores começam a perder contacto, restando ainda cerca de vinte a 1,5 km da linha.

Então, a equipa francesa insiste, por Valentin Paret-Peintre, seguido por Ben O’Connor, deixando-o o australiano e boa posição para fechar a contenda. Atrás, Jay Vine ainda tenta chegar ao compatriota, mas sem sucesso. Muito forte, O’Connor vence em Jebel Jais. Lennert Van Eetvelt (Lotto Dstny) fecha o top-3.

O português Ivo Oliveira terminou na 131.ª posição, a 23.22 minutos do vencedor da etapa

Classificações:


Crédito da imagem: twitter Mihai Simion @faustocoppi60 – https://twitter.com/faustocoppi60/status/1760278185298563194/photo/1

Também vais gostar destes!