Mathieu van der Poel (Alpecin-Fenix) venceu a primeira etapa da Volta aos Emirados Árabes Unidos (EAU), marcada pelo vento e os abanicos que este provocou, dispersando o pelotão no no percurso entre o Castelo Al Dhafra e a pequena vila de Al Mirfa na costa norte.

PUB
Cube Stereo Hybrid HPC 160

O corredor holandês superou David Dekker (Jumbo-Visma) e Michael Morkov (Deceuninck-QuickStep) num sprint apertado, num pequeno grupo de 23 corredores que se formou quando o vento cruzado selecionou o pelotão no início da etapa.

Foto Tim de Waele/Getty Images)

Na batalha pela classificação geral, João Almeida (Deceuninc-QuickStep), Tadej Pogacar (Emirados Árabes Unidos) e Adam Yates (Ineos Grenadiers) foram os grandes beneficiados pelas incidências da jornada, reforçando favoritismo aos primeiros lugares da competição depois de todos os seus principais adversários terem sido eliminados pelos cortes provocados pelo vento.

Foto Luca Bettini/BettiniPhoto©2021

Os abanicos colocaram um ponto final precoce nas ambições de Emanuel Buchmann (Bora-Hansgrohe), Sergio Higuita (EF Education-Nippo), Sepp Kuss (Jumbo-Visma), Wout Poels (Bahrain-Victorious), Alejandro Valverde (Movistar) e Vincenzo Nibali (Bahrain-Victorious) e à dupla da Ineos Grenadiers, Ivan Sosa e Daniel Martinez.

Foto Luca Bettini/BettiniPhoto©2021

Também na ausência dos velocistas Caleb Ewan (Lotto-Soudal), Sam Bennett (Deceuninck-QuickStep) e Pascal Ackermann (Bora-Hansgrohe), que ficaram cortados nos abanicos, a velocidade final de Van der Poel foi suficiente para alcançar a primeira vitória da temporada de estrada apenas três semanas depois de se ter sagrado campeonato mundial de ciclocrosse.

Foto Luca Bettini/BettiniPhoto©2021

“Quando a corrida se torna realmente difícil, o meu sprint fica cada vez melhor,” afirmou Mathieu van der Poel no final da etapa. “Realmente não esperava vencer na minha primeira corrida de estrada, depois da temporada de ciclocrosse. Descansei um pouco, depois treinei uma semana com a equipa e depois vim para cá. Creio que esta é a forma de clocrosse no deserto!”, declarou o holandês.

Foto Tim de Waele/Getty Images)

Amanhã, na segunda etapa, os poucos corredores que restam na disputa da classificação geral vão lutar por ganhos marginais no contrarrelógio individual de 13 km em Al Hudayriat Island, antes da jornada de montanha em Jebel Hafeet. Van der Poel deverá manter a camisa vermelha de líder, com Pogacar, Yates e Almeida à procura de fazer diferenças entre si.

Classificação da 1.ª etapa

1.- Mathieu van der Poel (Alpecin-Fenix)             3:45.47 horas

2.- David Dekker (Jumbo-Visma) m.t.

3.- Michael Mørkøv (Deceuninck-QuickStep) m.t.

4.- Emils Liepins (Trek-Segafredo)           m.t.

5.- Elia Viviani (Cofidis)  m.t.

6.- Tadej Pogačar (UAE Team Emirates) m.t.

7.- Anthony Roux (Groupama-FDJ)          m.t

8.- Chris Harper (Jumbo-Visma) a 3 segundos

9.- João Almeida (Deceuninck-QuickStep) a 3 segundos

PUB
Decathlon

NEWSLETTER GORIDE.PT Newsletter GoRide.pt

Goride Team
Toda a GoRide Team alimenta este site como se não houvesse amanhã :) Damos preferência a tudo o que envolver diversão em cima de uma bike!

Também vais gostar destes!

Mais em Estrada