Tim Wellens é baixa importante na equipa UAE Emirates para a Volta a França. Esta era uma probabilidade elevada desde que há algumas semanas o corredor belga deu conta do atraso na sua preparação para o Tour, na sequência de uma recuperação mais demorada do que previsto (da terrível queda na Volta à Flandres, a 2 de abril). E agora confirmou-se.

PUB
Orbea Genius Dealers

Depois desse tempo em dúvida – naturalmente dependente de experiências e testes vários –, Wellens, corredor versátil em todo o tipo de terreno, que era há muito apontado como um dos principais gregários de Tadej Pogacar, foi dado como inapto para o serviço e não estará no próximo dia 1 de julho em Bilbau para a partida do Tour em terras bascas.

“É uma pena, porque adoraria fazer parte de uma equipa que luta pela vitória na classificação geral do Tour”, disse Wellens ao Het Nieuwsblad.

“Durante o recente estágio de altitude na Sierra Nevada já ficou claro que os meus valores não eram bons. No entanto, a equipa queria ver-me em ação na Volta à Eslovênia antes de tomar a decisão, e o meu nível continuou abaixo ao desejável”, explicou Wellens.

Portanto, o veredicto é perentório: inapto para o Tour! “Não tive tempo suficiente para voltar a readquirir a minha melhor forma”, lamenta Wellens. Um rude golpe para o corredor contratado este ano pela UAE Emirates à Lotto Dstny. Mas também para a própria formação dos Emirados Árabes Unidos e para o seu líder no Tour, Tadej Pogacar, que perde um valioso companheiro de equipa no ataque à camisola amarela em Paris.

Lê também:

Campeonatos Nacionais discutem-se entre o Norte e o Sul do país

PUB
Orbea Genius Dealers

Imagens: UAE Emirates Twitter

Também vais gostar destes!