O ‘rider’ local Juanfer Vélez venceu a segunda ronda da Red Bull Cerro Abajo 2023, disputada pela primeira vez em Medellín (Colômbia) no último sábado. Este resultado, somado ao segundo lugar obtido na corrida vencida por Tomás Slavík no Red Bull Valparaíso Cerro Abajo, a 12 de fevereiro, permitiu ao colombiano ascendeu ao primeiro lugar da classificação geral da competição.

PUB
Specialized Levo

O percurso desta segunda corrida apresentou secções muito complexas, “com curvas muito fechadas no topo ao longo dos telhados, uma longa secção arrebatadora no meio e depois uma seção acidentada na escada principal que conduzia à linha de chegada cheia dos fãs”, como descreve a Red Bull.

Juanfer Vélez

Vélez, ovacionado pelos seus adeptos, realizou descida tremenda e espetacular, batendo o seu compatriota Sebastián Holguín por 1.927 segundos!

Felipe Rodriguez

O brasileiro Lucas Borba conquistou o terceiro lugar com 2,519 segundos, graças a uma descida mais cautelosa. O seu compatriota, Gabriel Giovannini, foi quarto e o chileno Pedro Ferreira, quinto, fechou um top cinco em que todos são da América do Sul.

PUB
Prototype

Tomás Slavík

O checo Tomás Slavík foi sexto, pelo que teve cedeu o primeiro lugar da geral a Vélez, que lidera com 42 pontos de vantagem. “Não sei onde encontrei o buraco na pista. Fui o mais rápido que pude e dei tudo de mim. Isso me dá muita confiança para o México e estou muito feliz”, referiu o colombiano no final da prova.

Julian Restrepo

Adrien Loron

Classificação:

  1. Juanfer Vélez (Col) 1:25.039
  2. Sebastian Holguín (Col) a 1.927 segundos
  3. Lucas Borba (Bra) a 2.519
  4. Gabriel Giovannini (Bra) a 3.037
  5. Pedro Ferreira (Chi) a 3.866

PUB
Prototype

Também vais querer ler…

Bikes dos Prós: a Ghost Riot EN com que Tomas Slavik venceu o Red Bull Cerro Abajo Valparaíso

Fotografias: Mathew Valbuena e Alfred Jürgen Westermeyer / Red Bull Content Pool

Também vais gostar destes!