Tomas Slavik venceu o Red Bull Cerro Abajo Valparaíso depois de se lesionar nos treinos. Recuperou e conseguiu uma vitória espetacular, a terceira nesta prova após os triunfos em 2017 e 2018.

PUB
Beeq

Naturalmente que não resistimos em mostrar aqui a bicicleta com que conseguiu mais um feito no Chile, ainda mais por ter o interesse extra de ser a Ghost Riot EN, uma bicicleta de enduro a competir entre as de downhill.

A Riot EN tem um quadro de alumínio, algo que parece estar fora do padrão das bicicletas de competição. Porém, há que dizer, uma marca líder neste tipo de competição seja a Commencal, com os seus quadros a serem também de alumínio. Longa vida a este metal!

Ghost Riot EN Essential 2023 (modelo de série)

Regressando ao tópico da Ghost Riot EN de Slavik, de realçar que no catálogo da fabricante alemão não se encontra uma igual, muito por culpa do conjunto de suspensões escolhido pelo corredor checo: uma Rock Shox Zeb Ultimate e um amortecedor Super Deluxe Ultimate. Esta bicicleta tem curso de 170 mm na frente e 160 atrás.

Ghost Riot EN ‘Full Party’ 2023 (modelo de série)

PUB
Riese & Müller Multitinker

Os potentes travões Sram G2 de quatro pistões param a bicicleta de Slavik em poucos metros e assumimos que em competições como a de Valparaíso eles devem sofrer muito!

Relativamente às rodas, Slavik aproveitou o que a DT Swiss tem de melhor no catálogo. Na corrida de Valparaíso colocou umas EXC 1501 Spline (fibra de carbono) com aro de 30 mm de largura interna.

A América do Sul é um lugar para o qual adoro voltar. Passei vários invernos consecutivos aqui. Posso aproveitar as excelentes condições de verão para treinar e participo regularmente nas corridas City Downhill World Series (Tomas Slavik)

PUB
Beeq

Tomas Slavik tem uma relação muito especial com Valparaíso: “Esta é uma cidade com a qual desenvolvi uma relação muito pessoal. Aqui tens uma pista, muita gente e um ambiente que não encontras em mais lado nenhum do mundo. A maior corrida da Taça do Mundo não é nada comparada com isto. Cães a correr por toda parte, paredes pintadas com grafite, há um clube de música em cada esquina. Para mim, isso é pura cultura.”

Tanta afinidade permitiu que seja praticamente mais um na cidade e a sua bicicleta também parece estar mais do que adaptada, pois, mesmo sem ser uma de downhill, consegue destacar-se.

Também vais querer ler…

Bike Check: Ghost Lector FS SF Universal 2022

Fotografias: Red Bull Content Pool (Gary Go e Alfred Jürgen Westermeyer) // Ghost Bikes // DT Swiss

Também vais gostar destes!