O esloveno Tadej Pogacar, camisola amarela do Tour de França com um pouco menos de duas semanas de prova, participará na Vuelta a Espanha deste ano para tentar ganhá-la, depois de ter terminado em segundo lugar em 2019, e para esclarecer as dúvidas sobre a sua atual superioridade nas grandes voltas.

PUB
Orbea Genius Dealers

A notícia foi avançada pelo diretor da UAE Emirates, o espanhol Joxean Fernández Matxin. “Sim, a Vuelta está no programa do Tadej [Pogacar], embora agora estejamos focados no Tour e em conquistar a segunda vitória. Espero que ele [Pogacar]não termine o Tour muito cansado para poder estar em condições boas para disputar o triunfo em Espanha”, afirmou aquele responsável.

Sobre o Tour, Matxin reconheceu que Pogačar mostrou os seus primeiros sinais de fraqueza na subida final do Mont Ventoux na 11.ª etapa, mas diz-se confiante na vitória e dos corredores da equipa no apoio ao seu líder.

“Precisamos controlar a corrida e evitar acidentes, e tudo além do lado desportivo. Temos a tranquilidade que quem tem feito um trabalho bem feito e temos uma margem considerável em relação aos nossos rivais”, referiu Matxin.

O espanhol esclareceu ainda sobre a superioridade demonstrada por Pogacar nos Alpes. “Tadej está a um nível muito semelhante ao do ano passado. No entanto, as falhas e os nervos dos adversários, que fizeram alguns perder tempo importante, não o afetaram. De resto, pôde assim livrar-se de alguns grandes nomes como Roglic e Thomas, e abrir uma grande vantagem sobre outros favoritos”.

PUB
Orbea Genius Dealers

Também vais gostar destes!