Marc Hirschi assinou pela equipa UAE Team Emirates, dos portugueses Rui Costa e os irmãos Ivo e Rui Oliveira, e do vencedor do Tour de 2020, Tadej Pogacar.

PUB
Schwalbe Pro One Tubeless

Como a GoRide.pt noticiara no passado dia 5, o corredor suíço rescindiu o vínculo contratual que mantinha com o Team DSM, ex-Sunweb – onde se destacou na última temporada, principalmente no Tour e no Campeonato do Mundo -, com o propósito de se transferir para a formação dos Emirados Árabes Unidos, a que já se juntou em estágio, após assinar uma ligação válida por três anos.

Hirschi venceu uma etapa no Tour de França de 2020

“Em primeiro lugar, gostaria de agradecer à minha anterior equipa por tudo o que fez por mim nos últimos três anos. Depois, quero dizer que estou feliz por, finalmente, poder anunciar que sou ciclista da Emirates, estou muito entusiasmado”, afirmou Hirschi.

“Partilhamos a mesma abordagem e objetivos: a equipa está na direção certa e tem crescido muito nos últimos anos e e eu espero beneficiar dessa dinâmica, contribuindo para o sucesso da Emirates e para continuar a evoluir na minha carreira”, declarou o corredor de 22 anos.

“Agora vou concentrar-me no estágio, para conhecer todos elementos da equipa e instalar-me”, concluiu Hirschi, que assim protagoniza mais uma transferência mediática para a nova temporada, após Chris Froome ter deixado a Ineos para a juntar-se à Israel Start-Up Nation, de Richie Porte ter rumado à Ineos, ‘abandonando’ a Trek ou de Miguel Angel Lopez, que passou da Astana para a Movistar.

PUB
TrekFest 2024

Também vais gostar destes!