Os responsáveis da INEOS Grenadiers não esperaram até a última semana para comunicar os nomes dos oito corredores que participarão na Volta à Itália, que arranca no dia 4 de maio em Torino.

PUB
Beeq

Não é novidade que Geraint Thomas voltará a ser o líder da equipa britânica, procurando chegar à vitória após ter estado bem perto na edição de 2023, superado por Primoz Roglic, na altura na Jumbo-Visma, às vésperas do final da competição em Roma.

 

PUB
Orbea Genius Dealers

O galês, de 37 anos, chega à corsa rosa com grandes ambições, depois de ter cumprido uma preparação semelhante à da temporada passada. Tal como na aproximação do Giro de 2023, Thomas esteve tranquilamente discreto na recente Volta aos Alpes, deixando as mesmas indicações de há um ano.

“A minha preparação correu como previsto, sinto-me bem. Temos uma equipa sólida e há um bom vínculo com este grupo. O núcleo é o mesmo do Giro do ano passado, com algumas adições interessantes”, começou por afirmar Thomas.

“Sabemos o que queremos e temos de fazer, e sentimo-nos motivados para fazer o trabalho […]”, acrescentou, antes de se referir ao seu previsível principal adversário.

“Obviamente, Tadej Pogacar é o favorito, mas isso também significa que todos os olhos estarão voltados para ele durante três longas e difíceis semanas de corrida. O plano será ser agressivo, procurar todas as oportunidades para pressionar e saber aproveitá-las”, explica Geraint Thomas no site da INEOS Grenadiers.

A apoiar Geraint Thomas, vencedor do Tour de França de 2018, na sua cruzada por um novo pódio – ou se possível, pela vitória – estarão o neerlandês Thymen Arensman e o norueguês Tobias Foss, dois tenentes de luxo nas montanhas.

PUB
Cube Stereo ONE

Antes de se concentrar totalmente na preparação para os Jogos Olímpicos de Paris 2024, o italiano Filippo Ganna tentará vencer, pelo menos, um dos dois contrarrelógios que estarão no programa destas três semanas de corridas, principalmente o segundo, agendado para 18 de maio, na Lombardia, mais ao seu jeito.

A equipa INEOS Grenadiers selecionou igualmente o norte-americano Magnus Sheffield, que fará a estreia em grandes voltas aos 22 anos. Vencedor de uma etapa em 2020, o campeão equatoriano Jhonatan Narvaez também alinhará, assim como a dupla Swift, Ben e Connor.


Créditos da imagem: INEOS Grenadiers Twitter – https://twitter.com/INEOSGrenadiers/status/1781987741057597750/photo/1

Também vais gostar destes!