Gonçalo Tavares subiu à 28.ª posição da Volta a França do Futuro, após a 4ª etapa de ontem, que foi ganha pelo suíço Fabio Christen e que permitiu ao dinamarquês Simon Dalby subir à liderança.

PUB
Specialized Levo

Numa etapa encurtada de 149 para 133 km devido ao calor extremo, Christen foi o primeiro a concluir a ligação entre Aigurande e Evaux-les-Bains.

O helvético cortou a meta um segundo antes do italiano Isaac del Toro e do britânico Lukas Nerukar, segundo e terceiro respetivamente.

Gonçalo Tavares foi o melhor português na tirada, na 26.ª posição, igualmente a um segundo, e Alexandre Montez foi 34.º, a 11 segundos, com António Morgado a ficar “cortado” por uma queda e a terminar em 39.º, a 21 segundos.

PUB
Cube Stereo ONE

Diogo Gonçalves foi 74.º classificado, a 3.42 minutos, e José Bicho foi 91.º, a 5.19, enquanto Lucas Lopes, que integrou a fuga, foi 132.º, a 12.05.

Na geral, Simon Dalby corre hoje na liderança, com 13 segundos de avanço sobre os franceses Mathys Rondel e Axel Huens, com Gonçalo Tavares a subir a 28.º, a 1.55 minutos, Alexandre Montez a 33.º, a 2.05, e António Morgado a 34.º, a 2.15.

PUB
Orbea Genius Dealers

Diogo Gonçalves ocupa o 92.º posto, a 11.15, Lucas Lopes é 107.º, a 14.43, e José Bicho é 126.º, a 19.43.

Hoje corre-se a 5ª etapa da Volta a França do Futuro, com 138,3 km entre La Tour-de-Salvagny e Lac d’Aiguebelette, num percurso com duas contagens de montanha de terceira categoria já dentro dos 20 km finais.

Lê também:

Volta a França do Futuro: Portugal apenas 19.º no contrarrelógio

Imagens: Volta a França do Futuro Twitter

Também vais gostar destes!