O russo Artem Nych (Sabgal-Anicolor) sagrou-se vencedor do 44.º Grande Prémio Abimota, cuja terceira e última etapa foi conquistada pelo argentino Nicolás Tivani (Aviludo-Louletano-Loulé Concelho).

PUB
KTM E-Bikes BTT

As pedaladas finais ligaram a Vagueira a Águeda, num trajeto de 148 quilómetros que nada alterou em termos de geral, que ficou marcada pela etapa inaugural, a mais montanhosa e capaz de estabelecer diferenças significativas.

O argentino Germán Nicolás Tivani foi o mais rápido, deixando o venezuelano Francisco Peñuela (Rádio Popular-Paredes-Boavista) no segundo posto. O terceiro foi o português Diogo Gonçalves (ABTF Betão-Feirense). Artem Nych (Sabgal-Anicolor) chegou integrado no pelotão, segurando a camisola amarela.

Na classificaçãoi geral, o russo, quarto na Volta em 2023, impôs-se ao seu companheiro de equipa, o uruguaio Mauricio Moreira, vencedor da Volta em 2022, segundo a 36 segundos, e ao português Afonso Silva (AP Hotels&Resorts-Tavira-Farense), terceiro a 1.34 minutos.

Francisco Peñuela ganhou a classificação por pontos e a Rádio Popular-Paredes-Boavista foi a melhor equipa. Luís Gomes (Kelly-Simoldes-UDO) consumou hoje o assalto à classificação da montanha, enquanto Bruno Silva (Tavfer-Ovos Matinados-Mortágua) foi o primeiro nas classificações autarquias e bolinhas, Venceslau Fernandes (AP Hotels & Resorts-Tavira-SC Farense) ganhou as metas volantes, Viacheslav Ivanov (Efapel Cycling) foi o melhor jovem e Fabricio Crozzolo (Technosylva Maglia Bembibre) impôs-se entre os corredores das equipas de clube.

Classificações

PUB
Schwalbe Pro One Tubeless

Crédito da imagem: Federação Portuguesa de Ciclismo

Também vais gostar destes!