Para a sua última temporada de uma extraordinária carreira de 15 anos, dez dos quais no topo do ciclismo, Annemiek van Vleuten pretende terminar em grande estilo. A corredora neerlandesa da Movistar, de 40 anos, que conquistou a tripla coroa Giro-Tour-Vuelta em 2022, juntando-lhe o título Mundial de fundo, espera ter uma derradeira temporada igualmente ganhadora e já elegeu as duas grandes voltas que quer voltar a triunfar.

PUB
Orbea Genius Dealers

“Quero correr o Giro e o Tour novamente. Já falei com o meu treinador e com a minha equipa. Adoro correr em Itália, quero fazer um último Giro”, diz Van Vleuten.

De resto, a vencedora do Tour de France Femmes avec Zwift em 2022, a veterana, que esteve na apresentação da segunda edição desta corrida, no próximo ano, a que não faltará, deixou as suas impressões sobre o percurso.

“Não terei muitas possibilidades de fazer a diferença no meu terreno. Estou muito satisfeita com a chegada ao topo do Tourmalet, nessa etapa que inclui o Col d’Aspin. E também com o contrarrelógio, que considero absolutamente indispensável ao Tour, apesar de ser incomum no ciclismo feminino. Dos outros seis dias, há poucas oportunidades de ganhar tempo. Em 2022 tivemos duas grandes etapas, para o ano há apenas uma, mas uma enorme”, declarou Van Vleuten.

“Ganhar o primeiro Tour de France é meu maior sucesso. Maior do que a medalha de ouro nas Olimpíadas de Tóquio. O Tour… senti que teve um grande impacto. Antes, não tinha uma ligação próxima com o Tour, mas agora, como todo o pelotão feminino, quero vestir a camisa amarela em França”, concluiu.

Foto: LeTourdeFrance Twitter

Também vais querer ler…

Van Vleuten de outro nível! Campeã do mundo mesmo com fratura no cotovelo

PUB
Orbea Genius Dealers

Também vais gostar destes!