Rigoberto Uran (EF Education-Nippo) fez uma crono-escalada de sonho na 7.ª etapa da Volta à Suíça, na subida de alta montanha de Oberalp Pass e com isso ampliou as possibilidades de vencer a corrida helvética.

PUB
Cube Stereo ONE

O corredor de 34 anos venceu o contrarrelógio individual de 23,2 quilómetros, que incluía uma subida de 10 km e posterior descida, rápida e técnica, de 11 km até à meta em Andermatt.

O colombiano fez menos 40 segundos do que Julian Alaphilippe (Deceuninck-QuickStep), segundo classificado, conquistando o seu primeiro triunfo em quase três anos, e logo na antecâmara do Tour de França em que o Rigoberto Uran voltará a participar.

Richard Carapaz, o camisola amarela, começou o dia 1:11 minutos à frente de Uran na classificação geral, mas viu a sua margem para o corredor da EF Education cair para 17 segundos, e também Alaphilippe se aproximou, estando agora a apenas 39 segundos do equatoriano da Ineos-Grenadiers no terceiro lugar.

PUB
KTM

“Estou surpreso”, disse Uran. “É ainda mais especial porque não competi muito depois de um pequeno problema e estou ansioso pelo Tour. Tenho tido boas pernas aqui na Suíça. Mas foi uma surpresa, porque hoje estavam mesmo incríveis”, afirmou o colombiano.

A oitava e última etapa realiza-se este domingo e inclui três contagens nas montanhas, a final em Gotthard, a 15 quilómetros da meta.

Também vais gostar destes!