Zoe Bäckstedt é vista como uma das ciclistas mais talentosas a surgir entre a nova geração britânica. Os resultados falam por si, mas é a própria jovem de 18 anos a primeira a não querer ceder à pressão de expectativas. Diz que vai demorar o tempo que for necessário para evoluir e singrar ao mais alto nível.

PUB
TrekFest 2024

Depois de conquistar pela segunda vez o título mundial de estrada em juniores e também o de contrarrelógio em 2022, a EF Education-TIBCO-SVB ofereceu-lhe um contrato para saltar diretamente de júnior para o World Tour.

Bäckstedt já estava a estagiar com a equipa e não houve dúvidas por parte dos responsáveis da estrutura americana que era uma ciclista a “segurar”. No seu palmarés também já conta com títulos europeus em pista e nos recentes mundiais de ciclocrosse, só foi batida por uma das atuais estrelas na prova de sub-23: a neerlandesa Shirin van Anrooij.

Neste vídeo da Cannondale – marca que fornece as bicicletas à EF Education-TIBCO-SVB – conhecemos melhor a ciclista britânica. Zoe Bäckstedt fala do salto para o World Tour ainda numa idade tão jovem, da mudança para a Bélgica, dos objetivos para a temporada da estrada e de como não abdica no inverno do ciclocrosse.

Também vais querer ler…

Mark Cavendish: ‘Astana não espera que prove nada’

Fotografia: Alex Whitehead/SWpix.com/Facebook EF Education-TIBCO-SVB

PUB
Schwalbe Pro One Tubeless

Também vais gostar destes!