Campeã equatoriana de contrarrelógio, Miryam Nuñez, que atualmente representa a equipa da Massi-Tactic, é a primeira detentora da Camisola Amarela Jogos Santa Casa na Volta a Portugal Feminina Cofidis, após uma vitória por centésimos no prólogo realizado ontem na capital lisboeta. A corredora de 29 anos é assim a sucessora de Nathalie Eklund.

PUB
Schwalbe Pro One Tubeless

O contrarrelógio de 5,3 kms, realizado sob altas temperaturas que se verificavam na zona de Monsanto, Lisboa, proporcionou momentos de grande emoção, fruto de uma disputa intensa pela vitória. Prova disso foram os escassos centésimos que deram a primeira liderança da prova.

A vencedora foi a ciclista equatoriana Miryam Nuñez, que cruzou a linha da meta ao cabo de 8 minutos, 4 segundos e 10 centésimos. A britânica Freya Rawlins (Soltec Team Costa Calida) conquistou o segundo lugar, ficando a escassos 12 centésimos de segundo da vencedora. Valeria Valgonen (Massi-Tactic) alcançou o terceiro lugar, a apenas 51 centésimos de Nuñez.

Estas três ciclistas iniciam hoje a primeira etapa em linha com o mesmo tempo, mas por 12 centésimos que Miryam Nuñez terá a honra de vestir a amarela. Uma vez que hoje não foram atribuídos pontos nem houve contagens de montanha, a segunda e a terceira classificada da geral irão vestir, respetivamente, a Camisola Vermelha Cofidis (montanha) e a Azul IPDJ (Pontos) durante a primeira etapa em linha.

“O contrarrelógio foi muito duro, todo o percurso é exigente. Não é apenas pelas subidas, mas também algumas curvas nas quais o mínimo erro poderia deitar tudo a perder. Vinha tentando ganhar uma corrida há muito, em Itália e em França, mas a vitória chegou hoje, em Portugal. Agora, que já tenho a camisola amarela, tentarei levá-la até ao fim”, disse Miryam Nuñez.

PUB
Orbea Genius Dealers

“Estou superfeliz e agradeço o acompanhamento do meu diretor. Dedico esta vitória à equipa e, sobretudo ao meu país, Equador, e à minha família”, concluiu.

Miriam Nuñez

Beatriz Roxo (UCI Cantabria Deporte-Rio Miera) foi a melhor portuguesa do dia, obtendo o quarto lugar com um tempo de 8 minutos e 14 segundos, ficando a 10 segundos da liderança.

A Camisola Branca Médis, que premeia a melhor ciclista jovem em prova, está com Marta Carvalho (Extremosul/Hotel Alísios/CA Terras do Arade), que ficou em 29º lugar no contrarrelógio após cortar a meta ao cabo de 8 minutos e 42 segundos. A equipa Massi-Tactic lidera a classificação por equipas.

A primeira etapa em linha acontece entre Loures e Vila Franca de Xira. O percurso de 85 kms irá incluir uma Meta Volante Cofidis na Póvoa da Galega ao km 36 e um Prémio de Montanha IPDJ de terceira categoria ao km 60, em São Domingos de Carmões.

PUB
Schwalbe Pro One Tubeless

Mais info:

Lê também:

Apresentada a Volta a Portugal Feminina Cofidis 2023

Imagens: Federação Portuguesa de Ciclismo

Também vais gostar destes!