A Volta a Portugal 2023 arrancou hoje em Viseu para a sua 84ª edição com um prólogo de contrarrelógio individual de 3.600 metros que foi ganho pelo principal favorito do dia: Rafael Reis (Glassdrive-Q8-Anicolor).
Num traçado curto e explosivo pelo centro de Viseu, o primeiro camisola amarela da Volta a Portugal destacou-se da concorrência e consegui ficar abaixo dos quatro minutos com 3m58s. Média de 54,4 kms/hora.
O favoritismo não era era novidade para o corredor, visto que esta é a quinta vitória e a terceira consecutiva nos prólogos da “grandíssima”. Rafael Reis foi mesmo o único a baixar da marca dos quatro minutos de tempo hoje.
“Começámos esta Volta a Portugal com mais um Prólogo. É um objetivo muito importante para mim, pessoalmente e para a equipa também é muito importante. Ter conseguido a terceira vitória consecutiva na Volta e a quinta vez que visto a Amarela é muito importante para mim. Desfruto sempre muito destes momentos e agora vamos tentar levar a vitória da Classificação Geral, que isso é que é o mais importante. Estamos fortes”, comentou o vencedor Rafael Reis.
Em segundo lugar ficou Txomin Juaristi (Euskaltel-Euskadi), a dois segundos de Rafael Reis, com o terceiro lugar a ser entregue a Maurício Moreira (Glassdrive-Q8-Anicolor), que é também um dos candidatos à vitória da classificação geral da Volta. Foi o vencedor do ano passado.
Nos sub-23 destacou-se Daniel Dias (Credibom-LA Alumínios-Marcos Car), que enverga assim a camisola branca na primeira etapa, e a Glassdrive-Q8-Anicolor triunfa coletivamente.
O dia de amanhã prevê-se longo, com a primeira etapa da Volta a Portugal 2023 a ser disputada entre o Velódromo Nacional, em Sangalhos, e Ourém. Os 188 kms de traçado são favoráveis aos homens mais rápidos, pelo que se espera um final ao sprint.

Mais info:

Lê também:

Guia da Volta a Portugal 2023: equipas completas, os protagonistas e as etapas

PUB
KTM

Imagens: Federação Portuguesa de Ciclismo // Volta a Portugal // Euskaltel-Euskadi 

Também vais gostar destes!