Romain Bardet foi um dos protagonistas da 15ª etapa do Giro no domingo. O francês atacou depois de Tadej Pogacar no grupo de favoritos e conquistou um meritório quarto lugar.

PUB
Beeq

O trepador da dsm-firmenich começou por ganhar uma boa vantagem, mas nos últimos 500 metros os adversários recuperaram. Mesmo assim, conseguiu três segundos sobre Geraint Thomas (INEOS Grenadiers) e Daniel Martinez (BORA-hansgrohe), 9 segundos para Ben O’Connor (Decathlon AG2R La Mondiale) e mais de um minuto para Antonio Tiberi (Bahrain Victorious).

Um bom desempenho do gaulês, que teve um início de Giro abaixo das expectativas. “Não estava preocupado, sabia que quando chegássemos às etapas de montanha tudo estaria bem. Acima de 2000 de altitude estou em vantagem. Tentei fazer a melhor corrida possível. É um novo capítulo do Giro que está por vir. Vamos aproveitar o que falta, ainda há, pelo menos, outras três etapas de montanha que serão importantes”, concluiu Bardet.


Créditos da imagem: dsm-firmenich Twitter – https://x.com/dsmfirmpostnl/status/1792210333656125632/photo/2

Também vais gostar destes!