A cidade de Turim acolherá a partida da Volta a Itália 2024, no dia 4 de maio. Será a quarta edição, após 1961, 2011, 2021, que na capital do Piemonte ‘assiste’ às primeiras pedaladas do pelotão do Giro.

PUB
Specialized Levo

A corrida do próxmo ano arranca desde logo com uma etapa em linha com relevo seletivo, com passagem em Superga, subida conhecida de algumas edições da Milão-Turim, e pelo Colle della Maddalena, ascensão de mais de 6 quilómetros a uma média de 7% e cujo cume estará a 20 km da chegada em Turim. O mesmo será dizer que a primeira camisola rosa do Giro 2024 não será para um velocista puro…

No segundo dia, mais dificuldades, com a etapa a terminar no Santuário de Oropa, também no Piemonte. A subida de 11,8 quilómetros a 6% é a parte final de um percurso de 150 quilómetros que ainda inclui, na aproximação à ascensão final, duas subidas de terceira categoria.

Oropa integrou em seis ocasiões o traçado do Giro. Em 1999, o mundo do ciclismo testemunhou um recital sem precedentes de Marco Pantani, e em 2017 foi Tom Dumoulin a impor-se no alto, uma semana antes de escrever o seu nome na lista de vencedores absolutos do Giro.

A terceira etapa vai de Novara a Fossano, numa distância de 165 quilómetros e parece ser, enfim, a primeira oportunidade para os velocistas.

As primeiras três etapas do Gio 2024:

PUB
Specialized Levo


Imagens: Giro de Itália Twitter

PUB
BH GravelX

Também vais gostar destes!