A pandemia continua a obrigar a várias alterações nos calendários competitivos nas diferentes vertentes que estão sob tutela da UCI. Infelizmente há mais más notícias, com vários eventos cancelados. Aqui ficam alguns pormenores da última atualização.

BTT

Duas das rondas da Taça do Mundo Mercedes-Benz UCI, The Lenzerheide (Suíça) e Les Gets (França), que deveriam realizar-se em setembro, foram canceladas, a pedido dos organizadores. São assim quatro as rondas que não se vão disputar, pois Mont-Sainte-Anne (Canadá) e Val di Sole (Itália), já tinham saído do calendário.

De salientar que, para já, um das rondas duplas de DHI que continua agendada é a de Portugal, com Lousã a receber os melhores do mundo entre 29 de outubro e 1 de novembro. Estas rondas duplas têm como objetivo dar maior visibilidade aos atletas e federações, assim como reduzir os custos da logísticas, como explicou a UCI no seu comunicado.

Os Mundiais de Masters em Pra Loup (França) e os Mundiais de BTT Four-cross em Val di Sole também não se vão realizar em 2020.

As corridas de bicicletas elétricas estão igualmente a ser canceladas, casos da ronda que iria disputar-se em Barcelona (Espanha) no início de outubro. As de Locarno (Suíça) e Bolonha (Itália) haviam sido inicialmente reagendadas de abril para junho, mas agora foram também riscadas do calendário.

BMX Racing

Não haverá Mundiais em 2020. A UCI afirmou que os organizadores tentaram que fosse possível manter as provas, que estavam inicialmente agendadas para 26 e 31 de maio em Houston, nos Estados Unidos. Os Mundiais começaram por ser adiados, mas o organismo anunciou que os próximos só se vão disputar em 2021, entre 17 e 22 de agosto, em Papendal (Holanda).

BMX Freestyle

Todas as rondas foram canceladas da UCI BMX Freestyle Park e Mundial de Flatand. Não haverá provas em 2020.

Trials

Três das cinco rondas do Mundial de Trials ficaram sem efeito: Salzburgo (Áustria), Val di Sole (Itália) e Lenzerheide (Suíça). Mantém-se a de Wadowice (Polónia) e Il Ciocco (Itália).

Paraciclismo

Os Mundiais já haviam sido cancelados, saindo agora do calendário duas das rodas da Taça do Mundo.

Pista

Os Mundiais de júniores, que iriam disputar-se no Cairo (Egito) entre 16 e 21 de agosto, passam para abrir de 2021, com os dias ainda por confirmar. A competição estava marcada para Telavive (Israel) no próximo ano, mas os organizadores concordaram em adiar para 2022.

Estrada

De recordar que recentemente os responsáveis pela organização dos Mundiais em Aigle-Martigny anunciaram que tinham luz verde para avançar com os Mundiais entre 20 e 27 de setembro.

Os campeões

A UCI salientou que os campeões de 2019 irão vestir as respetivas camisolas até à próxima edição dos campeonatos. Ou seja, até às corridas de 2021, no caso das provas que só se vão disputar no próximo ano.

A evolução da pandemia continua a ser acompanhada de perto pela UCI e por todos os organizadores, pelo que não é de afastar mais mudanças ou mesmo cancelamentos.