Wout van Aert (Jumbo-Visma) conquistou «a maior vitória» da sua carreira na 11.ª etapa do Tour de França, com dupla subida do Mont Ventoux, lendária montanha da corrida francesa que foi cenário da primeira cedência do líder da corrida Tadej Pogacar (UAE Emirates) – apesar de não ter tido provocado perda de tempo ao esloveno -, após um ataque de Jonas Vingegaard (Jumbo-Visma).

PUB
Nova Trek Supercaliber

 

Na segunda subida do ‘Gigante da Provença’, a tradicional, de Bédoin, o campeão belga deixou para trás o campeão mundial Julian Alaphilippe (Deceuninck-QuickStep) e a dupla da Trek-Segafredo, Bauke Mollema e Kenny Elissonde. Apesar de ser significativamente mais pesado do que os trepadores, Van Aert subiu a vertente sul da montanha, passando em fuga no despido cume e manteve a vantagem de um minuto na descida de 20 km até o final, em Malaucène.

“Estou sem palavras. Claro que não esperava vencer esta etapa antes do Tour”, disse Van Aert. “É uma das subidas mais icónicas do Tour, no mundo do ciclismo. Talvez seja a melhor vitória da minha carreira”, admitiu o belga.

Elissonde e Mollema resistiram na segunda e terceira posições, respetivamente, à recuperação do quarto Jonas Vingegaard, Richard Carapaz (Ineos Grenadiers) e Rigoberto Urán (EF Education-Nippo) e Tadej Pogacar. Ben O’Connor (AG2R Citroën), segundo classificado à partida para esta etapa, foi distanciado na ascensão final ao Ventoux e caiu para o quinto lugar.

PUB
Orbea Genius Dealers

A Ineos Grenadiers trabalhou nas subidas para selecionar o grupo, mas quando Carapaz ficou por sua conta, não conseguiu fazer a diferença, parecendo que seria Pogacar a desferir mais um ataque irresistível. Foi Vingegaard a fê-lo. O dinamarquês acelerou o ritmo já perto do topo do Ventoux, Pogacar respondeu, mas acabou por ceder, sendo apanhado por Carapaz e Urán na descida final para a meta.

No entanto, Vingegaard foi incapaz de transformar os esforços em ganhos de tempo, desperdiçando uma vantagem de 30 segundos na descida.

Pogacar lidera agora com 5.18 minutos de vantagem sobre Urán, que ascendeu à segunda posição, enquanto Vingegaard é o novo terceiro, a 5.32 m, um segundo à frente de Carapaz. O’Connor, quinto, e o último a menos de seis minutos do camisola amarela.

PUB
Prototype

Também vais gostar destes!